Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

ESCLUSIVO. Acusado de estuprar e matar tinha até chave de sala da UFPI. Muito estranho!

Publicado

em

O aluno de pós-graduação em Matemática, Thiago Mayson da Silva Barbosa, 28 anos, preso em flagrante quando carregava, dentro da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o corpo da universitária Janaína da Silva Bezerra, de 21 anos, disse, em depoimento na polícia, que tinha a chave de uma sala de estudos da instituição.

O aluno declarou ainda que, as vezes, madrugava na sala de estudos de matemática, por isso tinha a chave do local. A reportagem do Portal walcyvieira.com tentou contato, na manhã desta segunda-feira (30/01/2023), para que essa história de “chave com aluno” fique esclarecida, mas não obteve resposta, provavelmente devido ao luto decretado pela instituição.

A UFPI já informou, através de nota, que não autorizou a festa de calouros, no entanto, ainda não explicou o motivo pelo qual deixou ela acontecer em suas dependências.

Pelas informações policiais obtidas através do depoimento do próprio acusado, ele tinha uma sala de estudo como se fosse a extensão da própria residência. Disse que deu banana para a vítima comer, deu açucara e que os dois dormiram na sala em que ele garantiu ter a chave.

O CRIME

Janaína saiu de casa na noite de sexta-feira (27/01/2023), com uma amiga, para uma calourada previamente organizada, na UFPI. Consta que ela foi assassinada já na madrugada de sábado (28).

Na manhã de sábado, o também estudante Thiago Mayson da Silva Barbosa foi flagrado por um vigilante carregando o cadáver de Janaína pelos corredores da UFPI. O IML constatou, através de exame preliminar, que a universitária sofreu abuso sexual, teve o pescoço quebrado e escoriações em várias partes do corpo; o que sinaliza que houve luta corporal.

O acusado fala em sexo com consentimento e que a vítima teve morte natural, indo contra os laudos periciais realizados na própria sala e corredores da UFPI (encontraram muito sangue) e o exame de necropsia.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905