Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Governo do Piauí lança campanha para vacinar quase 2 milhões de animais

Publicado

em

O Governo do Estado lança, na sexta-feira (12), a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa no Piauí. O lançamento será na Fazenda JM, situada no Povoado Coroatá, na zona rural de Teresina. A meta é imunizar 1.867.498 animais de todas as idades, sendo 1.866.783 bovinos e 715 bubalinos.

A vacinação iniciou no dia 1º de maio e segue até dia 31 deste mês. Os criadores têm até o dia 15 de junho para declarar a imunização junto à Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi). A declaração é registrada no Sistema Informatizado de Defesa Agropecuária (Sidapi).

A meta da Secretaria de Estado da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada) é manter a meta de imunização de 90% do rebanho, como ocorreu nos últimos anos. Por meio desses índices, o Piauí alcançou o status de zona livre da aftosa com vacinação.

“Todo produtor precisa prezar pela sanidade do seu rebanho, além de evitar multas caso não vacine seu gado. Sem a vacinação contra febre aftosa, o produtor fica impedido de comercializar e transportar o animal, pois para emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA), ele precisa estar com a vacinação em dia. Até mesmo para comprar o milho da Conab, ou conseguir financiamento com os bancos para melhorar seus negócios”, explica o secretário da Defesa Agropecuária, Fábio Abreu.

Vacinação contra a brucelose

O produtor também precisa fazer a vacina contra a brucelose, que é uma zoonose, que afeta outros mamíferos e bovinos, e pode afetar também o ser humano. “É importante lembrar aos criadores piauienses que, nessa 1ª etapa de vacinação contra a febre aftosa, o criador também deve aproveitar o manejo e realizar a vacinação de suas bezerras de três a oito meses contra a brucelose”, explicou Idílio Moura, gerente de Defesa Sanitária Animal da Adapi. Ao todo, 110 mil bezerras devem ser imunizadas.

A vacina contra brucelose é dose única, ou seja, uma vez vacinado, o animal está imunizado por toda a vida, e só se vacinam fêmeas. Lembrando que a vacina deve ser aplicada por um médico veterinário cadastrado na Sada/Adapi, ou por um técnico ou, ainda, por um auxiliar sob a responsabilidade de um médico veterinário.

Fonte: Ascom

Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905