Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Ô vergonha, prefeito! A rua tem dona no Piauí. Transporte escolar não passa

Publicado

em

A imagem da vergonha, digna de um filme de ficção, registrada a 226 quilômetros de Teresina, precisamente na comunidade Frade, no município de São Miguel do Tapuio, no Piauí, mostra os resquicios de autoritarismo, uma agressão ao direito de estudar de crianças e adolescentes e a fraqueza do prefeito Pompílio Evaristo Cardoso Filho, o “Pompilim”.

Simplesmente a dona de um terreno decidiu construiu uma cancela e fechar completamente uma estrada que passa por dentro do seu terreno. É exatamente a via que possibilita o acesso de crianças e adolescentes do povoado Frade a Unidade Escolar Alexandre Cardoso, na comunidade Coqueiro.

Com a estrada fechada no cadeado, o ônibus escolar da Prefeitura Municipal de São Miguel do Tapuio que conduz os estudates do povoado Frade (distante 10 quilômetros da escola) não pode chegar ao seu destino.

Alunos, muitos deles com deficiência fisica, são obrigados caminhar e pular o portão que fecha a estrada para não ficar sem estudar.

Até o ano passado (2022), a estrada era usada normalmente pelos alunos e pela comunidade em geral.

A FRAQUEZA

O prefeito “Pompilim” não agiu e ainda não explicou o motivo que o faz deixar a situação permanecer da forma em que estar, o interesse individual (da dona da terra), prevalecendo sobre o interesse coletivo.

Pior: além da comunidade em geral, são adolescentes e crianças, algumas delas com deficiência, tendo que enfrentar obstaculos para poder chegar ao colégio.

O Ministério Público do Estado do Piauí também ainda não se manifestou.

Nesta noite de quarta-feira (08/02/2023), a reportagem do walcyvieira.com conversou com o jornalista Felipe Germano que também já denunciou a situação no blog São Miguel Agora.

A reportagem não localizou o prefeito, nem a dona do terreno que fechou a rua, porém o espaço deles está em aberto. WhatsApp da nossa redação (86) 99865 3905.

Crédito das fotos: Felipe Germano

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905