Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Depois da morte brutal de criança, 5 acusados de assaltos foram mortos em THE

Publicado

em

Foto Ilustrativa: Lívia Ferreira

O final de semana foi marcado pela violência nas ruas do Piauí. Em Teresina, cinco pessoas que já tinham passagens pela polícia foram mortas a tiros. No litoral do Estado, precisamente em Luís Correia, o empresário Francisco Helder, dono da Pousada Recanto dos Poetas, foi friamente assassinado, dentro do seu estabelecimento, quando preparava uma caipirinha.

Os corpos dos assassinados em Teresina foram examinados no Instituto de Medicina Legal (IML) e os casos estão sendo investigados pelo delegado Francisco das Chagas Costa, o “Barretta”.

Seria como uma espécie de “caça a criminosos” (quem vai concluir ou não são as investigações) tivesse sido deflagrada depois do assassinato brutal da menina Débora Vitória, de 6 anos, na porta de casa, durante um assalto em que a mãe dela, manicure Dayane, também ficou ferida, no início da noite de sexta-feira (11/11).

A morte de Débora provocou comoção e revolta em toda a sociedade piauiense. Depois disso, por todo o final de semana, a “pedra do IML” esteve sempre ocupada por pessoas já com passagens pela polícia por prática de crimes.

O homem que anunciou o assalto que terminou com a morte da menina Débora foi preso horas depois. A polícia montou uma operação gigante e deu resposta imediata.

Já o assassinato do empresário no litoral do Estado, a polícia já tem certeza que trata-se de uma execução. No entanto, os criminosos também ainda  não foram identificados.

Quanto aos cinco assassinatos ocorridos em Teresina, no final de semana, as autorias estão sendo investigadas. Ninguém foi preso.

Foto Ilustrativa: Lívia Ferreira / G1 PI

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905