Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Seis postos de gasolina interditados. ‘Tavam’ furtando o consumidor

Publicado

em

A Operação Petróleo Real, realizada pelo Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (Imepi) em parceria com o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MPPI), interditou seis postos de combustíveis por medida baixa, entre os dias 17 e 22 de julho. Ao todo, os agentes de fiscalização visitaram 58 postos em cinco cidades do Piauí.

Além da interdição de seis estabelecimentos por medida baixa, outros oito postos foram reprovados por outras irregularidades como divergência entre o volume entregue e o total a pagar, vazamento no bloco medidor, medida alta contra o proprietário, divergência de bloco, dígito danificado e medida de volume com visor danificado.

A fiscalização percorreu os municípios de Parnaíba, Buriti dos Lopes, Luís Correia, Ilha Grande e Cajueiro da Praia. “Fiscalizamos toda essa região que recebe uma alta concentração de pessoas no período das férias. Vamos continuar percorrendo os municípios do Piauí sempre com o objetivo de preservar o consumidor de possíveis fraudes”, explica a diretora-geral do Imepi, Patrícia Leal.

De acordo com o chefe de fiscalização do Procon, Arimatéa Leão, uma das novidades nesta fase da Operação Petróleo Real foi a presença do Laboratório Móvel de Análise de Combustível. “Com esse recurso nós conseguimos analisar com mais precisão a qualidade do combustível de forma imediata. Isso traz para o consumidor uma verificação mais ágil”, ressalta.

Essa é a 14ª fase da Operação Petróleo. Em caso de irregularidades, o consumidor pode enviar uma denúncia por meio da ouvidoria do Imepi, no número: (86) 9456-1921.

Fonte: Ascom / Repórter: Arnaldo Alves

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905