Connect with us
Banner Doação

Política

STF mant?m v?lidas buscas no gabinete de Rejane Dias

Publicado

em

O ministro Marco Aur?lio, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido da C?mara dos Deputados para anular dilig?ncias de busca e apreens?o pela Pol?cia Federal (PF) no gabinete do deputado federal Paulo da For?a (SD-SP). Segundo o ministro, n?o h? identidade material entre a decis?o do Supremo apontada como desrespeitada e o ato da Justi?a Eleitoral.

No pedido, a Mesa Diretora afirmava que o Ju?zo da 1? Zona Eleitoral de S?o Paulo, ao determinar as dilig?ncias na resid?ncia e gabinete do parlamentar, no ?mbito de investiga??o para apurar o cometimento dos crimes de falsidade ideol?gica eleitoral e lavagem de dinheiro, teria usurpado compet?ncia do Supremo e inobservado a decis?o do Plen?rio. No julgamento da a??o, o STF decidiu que o Poder Judici?rio pode impor a parlamentares as medidas cautelares do artigo 319 do C?digo de Processo Penal (CPP), mas, caso afete o exerc?cio do mandato, a medida deve ser submetida ? Casa Legislativa.

Ao analisar o pedido, o ministro Marco Aur?lio afirmou que o investigado define o campo de atua??o do Supremo, e n?o o local da realiza??o da dilig?ncia. Ele citou trecho de decis?o da ministra Rosa Weber envolvendo a deputada federal Rejane Dias (PT), em que ela afirma que as medidas cautelares penais nas depend?ncias das Casas Legislativas devem ser submetidas ao Supremo apenas quando tiverem como alvo parlamentares federais cujos atos se amoldem aos crit?rios definidos no julgamento da Quest?o de Ordem na A??o Penal 937: o foro por prerrogativa de fun??o se aplica apenas aos crimes cometidos durante o exerc?cio do cargo e com ele relacionados.

 

Por Ananias Ribeiro / Piau? 24 horas

Continue Lendo
Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Rafael escolhe jovem piloto para Coordenar a Juventude no Piauí

Publicado

em

O governador eleito Rafael Fonteles (PT), escolheu, na tarde desta terça-feira (06/12/2022), o jovem empresário Everton Alves Calisto para a Coordenadoria da Juventude no Piauí, a partir de 1º de janeiro de 2023.

Everton é irmão da vereadora Elzuila Calisto. O pai, Pedro Calisto, é um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Estado. O futuro Coordenador da Juventude é piloto comercial de aeronaves, com pós graduação em gestão estratégica de pessoas; MBA Executivo em Economia e gestão governamental (FGV).

Eventon ocupou os cargos de assessoria técnica no Detran, assessor de projetos na Câmara Federal, assessor técnico na Câmara Municipal de Teresina; foi diretor administrativo e financeiro de uma auto escola e atualmente ocupa o cargo de superintendente executivo da Fundação Wall Ferraz.

Além de Everton, Rafael Fonteles nomeou outros três nomes, nesta tarde de terça-feira, para o seu futuro governo: Zenaide Lustosa (Secretaria das Mulheres), Núbia Lopes da Silva (Superintendência de Relações Sociais) e Maria Assunção Sousa Aguiar (Superintendência de Igualdade Racial e Povos Originários).

Continue Lendo

Política

Chefe da FMS pede exoneração ao prefeito Dr Pessoa

Publicado

em

Nesta manhã de terça-feira (06/12/2022), o médico Gilberto Albuquerque entregou sua carta com pedido de exoneração da presidência da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS). Ainda na noite de segunda-feira (05), a Prefeitura de Teresina não sabia da intenção do gestor em pedir exoneração do cargo.

Durante a noite a informação da cúpula da Prefeitura de Teresina era de que “estariam tentando desestabilizar a gestão da saúde municipal”.

Doutor Gilberto alegou que pede demissão devido a necessidade de novos gestores, visto que boa parte de seu pessoal já foi exonerado e ele deixou claro que se sente sozinho.

Continue Lendo

Política

Tão querendo derrubar o chefe da FMS. Alguém quer a vaga dele

Publicado

em

As redes sociais foram contaminadas com falsa informação na noite desta segunda-feira (05/12/2022), dando conta de um suposto pedido de demissão do Doutor Gilberto Albuquerque, da Fundação Municipal de Saúde de Teresina – FMS.

A reportagem do walcyvieira.com buscou a informação verdadeira sobre o episódio e, até o fechamento da matéria (às 22h30min), nenhum pedido de Gilberto Albuquerque chegou ao Palácio da Cidade.

Na realidade o que existe é uma rede de boatos tentando desestabilizar a gestão da saúde no município. “Doutor Gilberto segue firme no comando da Fundação Municipal de Saúde”.

QUEM É GILBERTO ALBUQUERQUE

Antônio Gilberto Albuquerque Brito nasceu no dia 22 de dezembro de 1965, no município de Morro do Chapéu, região de Esperantina. Em 1997, formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Piauí

Tem experiência na área de medicina, com ênfase em Gestão Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: gestação, vídeocolonoscopia, trombose arterial, endoscopia digestiva alta e urgência e emergência. Tem Residência Médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Gastroenterológica.

Já exerceu o cargo de secretário de Saúde na cidade de Barro Duro e foi diretor-geral do Hospital de Urgências de Teresina por 10 anos. Em 2019, deixou a diretoria do HUT para assumir o cargo de diretor-geral do Hospital Getúlio Vargas, cargo este que ocupou até dezembro de 2020, quando assumiu (a convite do prefeito eleito de Teresina, Dr. Pessoa) a presidência da Fundação Municipal de Saúde.

Fonte da Biografia: O Dia

Continue Lendo
Publicidade

MAIS LIDAS

Copyright - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905