Siga, Curta, Compartilhe:

Política

Opera??o quebrou isolamento de WD. “? um espet?culo midi?tico”

Publicado

em

O governador Wellington Dias repudia a forma como se deu a opera??o da Pol?cia Federal na manh? dessa segunda (27) em sua casa onde, atualmente, mora seu filho e fam?lia, que nunca tiveram nenhuma fun??o no estado. Seu filho ? m?dico e trabalha na linha de frente do combate ao coronav?rus, e desde mar?o o governador mant?m distanciamento recomendado pelas institui??es de sa?de. O governador classifica a opera??o como mais um espet?culo e destaca que a vida toda ele e sua fam?lia sempre agiram respeitando as leis e as institui??es.

Sobre a Opera??o Topic, o governador esclarece que as investiga??es s?o contra empresas e referentes a contratos do ano de 2013, quando ele n?o era governador do estado, portanto, n?o tem nenhuma rela??o com a investiga??o, bem como nenhum membro da sua fam?lia.

Uma opera??o nestes moldes se torna desproporcional e desnecess?ria j? que estamos falando de um fato de 2013, anterior ? sua gest?o, e em um processo em que a ex-secret?ria da Educa??o, hoje deputada federal, prontificou-se a colaborar por duas vezes nos ?ltimos meses, colocando-se ? disposi??o para esclarecimentos, bem como para repassar todo e qualquer documento ou equipamento necess?rio, conforme registrado por e-mails. O governador ressalta que o Estado ? v?tima e o maior interessado na resolu??o desta quest?o e ir? trabalhar para que tudo seja plenamente esclarecido. Enfatiza-se que, infelizmente, muitos espet?culos ainda poder?o acontecer, mas ressalta que existe a lei de abuso de autoridade para que casos como este n?o aconte?am indiscriminadamente. Por fim, ? necess?rio prud?ncia para que ningu?m seja acusado injustamente e nem incriminado sem o pleno direito de defesa.

PALAVRA DA PRIMEIRA DAMA

A deputada federal Rejane Dias recebe com tranquilidade os desdobramentos da referida Opera??o, e afirma que, como desde o in?cio, permanece ? disposi??o para esclarecimentos a todas essas alega??es.

Durante seu exerc?cio ? frente da Secretaria de Educa??o, a parlamentar sempre se portou em observ?ncia ?s Leis, tendo em vista a melhoria dos ?ndices educacionais e a amplia??o do acesso ? educa??o dos piauienses.

PT NACIONAL DIZ QUE A OPERA??O NO PIAU? ? UM ABUSO DE AUTORIDADE

Em Bras?lia, o Partidos dos Trabalhadores denuncia abuso de autoridade cometido nesta segunda-feira (27) contra o governador do Piau?, Wellington Dias, a deputada Rejane Dias (PT-PI) e outros membros do governo estadual. Para a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffman e o l?der na C?mara dos Deeputados, ?nio Verri, a opera??o desta segunda-feira (27/07), trata-se de mais um desvio em que agentes do estado e do governo federal s?o utilizados para persegui??o pol?tica.

“A invas?o das resid?ncias do governador e de seus familiares pela Pol?cia Federal, al?m da tentativa ilegal de invadir o gabinete da deputada Rejane, ? uma not?ria opera??o midi?tica de persegui??o e destrui??o de imagem p?blica. Os abusos foram cometidos a partir de uma opera??o que se prolonga h? quase tr?s anos e deveria investigar fatos anteriores ao governo Wellington Dias”, disseram em nota.

Os parlamentares ainda afirmam que tomar?o todas as medidas judiciais cab?veis e classificam o ato como persegui??o pol?tica do presidente Bolsonaro e seus aliados.

ACOMPANHE O CASO

A Pol?cia Federal amanheceu esta segunda-feira (27/07), fazendo buscas e apreens?es na Secretaria de Educa??o do Estado do Piau?, e na casa da deputada Rejane Dias, bem como em Bras?lia. O trabalho dos federais ? a terceira etapa da Opera??o Topique.

Est?o sendo cumpridos 12 mandados. As a??es de hoje d?o continuidade ?s investiga??es formalizadas nas opera??es Topique e Sat?lites, ocorridas em agosto de 2018 e em setembro de 2019 para investigar os crimes de organiza??o criminosa, corrup??o ativa, corrup??o passiva, lavagem de dinheiro e crimes de licita??o praticados no ?mbito da Secretaria de Educa??o do Estado do Piau?.

Segundo as investiga??es, entre os anos de 2015 e 2016, agentes p?blicos da c?pula administrativa da SEDUC se associaram a empres?rios do setor de loca??o de ve?culos para o desvio de, no m?nimo, R$ 50 milh?esde recursos do Fundo de Manuten??o e Desenvolvimento da Educa??o B?sica ? Fundeb ? e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar ? PNATE.  

Mesmo ap?s duas fases ostensivas da opera??o, de acordo com a PF, o Governo do Estado do Piau? mant?m contratos ativos com as empresas participantes do esquema criminoso que totalizam o valor de R$ 96,5 milh?es de reais, celebrados entre os anos de 2019 e 2020.

Os recursos p?blicos desviados, quantificados em relat?rios de auditoria da CGU, foram obtidos a partir de pagamentos superfaturados em contratos de transporte escolar. As empresas beneficiadas, destinat?rias de pagamentos em volume cada vez maior a partir de 2015, formavam  uma esp?cie de cons?rcio simulando concorr?ncia em licita??es e, com participa??o de servidores p?blicos, se beneficiavam de contratos fraudulentos.  

H? ind?cios de que as mesmas empresas j? atuam em fraudes licitat?rias em dezenas de munic?pios do Piau? desde 2008, lucrando com a subcontrata??o parcial ou integral dos servi?os, que de fato s?o prestados por terceirizados, em condi??es de total inseguran?a para os alunos da rede p?blica de ensino. As an?lises apontam que o modelo criminoso foi utilizado para contratos de loca??o de ve?culos por outras secretarias e ?rg?os do Governo do Estado do Piau? e por dezenas de munic?pios do interior.

As ordens judiciais cumpridas hoje tiveram o prop?sito de aprofundar as investiga??es a respeito do recebimento e solicita??o de bens e valores, diretamente ou por intermedi?rios, por agentes p?blicos com poder de comando na Secretaria de Educa??o do Estado do Piau? no per?odo da Investiga??o.

Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905