Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Quilombolas tão com sorriso largo. Ganharam casas novas

Publicado

em

A Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH)  iniciou a construção e melhoria habitacional na comunidade Quilombo Mimbó, localizada no município de Amarante, Piauí. As obras estão sendo acompanhadas pela Agência, respeitando os interesses dos moradores na escolha do serviço a ser executado, dando prioridade para construção de banheiro, troca de piso, telhado, pintura, dentre outros.

Na primeira fase de melhoria e construção, são investidos pela ADH mais de R$ 200 mil, recursos do Programa Moradia Para Todos, que tem por objetivo proporcionar meios junto às famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza residentes no Piauí.

A diretora-geral da ADH, Gilvana Gayoso, afirma que o programa fortalece a economia local com a venda do material de construção e contratação de profissionais da área gerando, consequentemente, emprego e renda para a região.

As famílias da comunidade Mimbó se beneficiaram ainda com outros serviços, como a instalação de internet, com 100%  de cobertura, e a distribuição de 103  tablets para crianças e adolescentes através do Projeto Mimbó Conectado, da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc).

Já a Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) levou o Projeto Qualifica Piauí, oportunizando a qualificação e profissionalização para pessoas de baixa renda. Foram oferecidos os cursos de Cabeleireiro Básico e Corte Costura, bem como a criação do artesanato do Quilombo Mimbó, como incentivo ao empreendedorismo feminino. As mulheres empreendedoras ganharam máquinas de costura para investir na produção têxtil.

Para preservar os valores culturais da comunidade, está sendo reformada e ampliada a Casa da Cultura, por meio da Secretaria Estadual de Cultura. É mais uma ação do Governo para melhorar a vida dos moradores do Quilombo Mimbó.

FUTURO – Pensando  no resgate dos alunos ao ambiente escolar, o Quilombo Mimbó também foi beneficiado com o Programa “Aprender Para Quê?”, destinado aos jovens a partir de 14 anos. “O interesse do Estado é cuidar das pessoas, em  especial  dos mais pobres. Por isso, estamos sempre buscando parcerias e, neste momento, nosso olhar se volta, com particular atenção, para os moradores do Quilombo Mimbó”, finaliza Gilvana Gayoso.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905