Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

1º Fórum Estadual da Cajuína é realizado pela Secretaria da Defesa Agropecuária, nesta quinta (24)

Publicado

em

A Secretaria da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada), por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapi), está promovendo o 1º Fórum Estadual da Cajuína, como parte integrante da programação do Festival da Cajuína e das Bebidas Regionais do Piauí. O evento, agendado para ocorrer de quinta-feira (24) a sábado (26), no Riverside Shopping, tem como propósito incentivar o crescimento do setor agroindustrial da cajuína no estado.

O 1º Fórum Estadual da Cajuína ocorrerá no primeiro dia do festival, nesta quinta-feira, e trará uma série de palestras ministradas por especialistas da Adapi e da Agência Piauí Fomento. Além disso, haverá uma mesa-redonda envolvendo representantes da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), Superintendência Federal de Agricultura (SFA) do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Codevasf, Sebrae, Unisol e Cooperativa de Produtores de Cajuína do Piauí (Cajuespi).

Este evento tem como público-alvo, principalmente, os produtores que ainda não possuem o registro de estabelecimentos e produtos de origem vegetal junto ao Ministério da Agricultura e Pecuária.

Ernando Cardoso, gerente de Inspeção Vegetal da Adapi, destacou que a iniciativa visa aumentar o número de estabelecimentos registrados no estado, contribuindo para a obtenção de registros legais, a redução do desperdício de matéria-prima e a agregação de valor aos produtos.

“Juntamente com os organizadores do festival, concebemos a ideia deste fórum. Aproveitaremos essa oportunidade para alertar as pessoas que ainda não têm registro no Mapa. Estamos buscando adesão à equivalência, isto é, através da legislação e de um programa de trabalho, estamos nos ajustando às exigências do ministério para obter a equivalência nos serviços de inspeção de produtos de origem vegetal, e a cajuína será nosso foco principal”, explicou o gestor.

Cardoso também enfatizou a importância do cooperativismo para os pequenos produtores, contribuindo para a organização estrutural desse grupo. Isso, segundo ele, permitirá que o estado alcance seus objetivos, com os produtores obtendo a habilitação para industrializar, beneficiar ou embalar produtos vegetais destinados à alimentação humana, compras governamentais e importação.

Com mais de 3 mil estabelecimentos que produzem cajuína no estado, apenas 11 obtiveram registro no Mapa, principalmente grandes estabelecimentos. O processo de registro é demorado, devido às exigências federais, porém, com estrutura, organização e investimento, os pequenos produtores poderão, com certeza, alcançar esse registro. O cooperativismo é visto como um fator fundamental para esse progresso, pois oferece aos pequenos produtores mais estrutura e apoio para impulsionar o setor.

Programação:

10h – Abertura

Palestra Adapi:

  • Palestrante: Ernando M. Cardoso – Sada/Adapi
  • Tópico: Requisitos exigidos para o registro de estabelecimentos e de produtos agroindustriais junto ao Mapa

Palestra Piauí Fomento:

  • Palestrante: Rennan Medeiros
  • Tema: Linhas de crédito

Mesa-redonda: Debates e Aplicação de Metodologia Ativa: Valorizando a Cajuína do Piauí

  • Participantes: Sebrae, SAF, SFA/Mapa, Unisol, Cajuespi e Piauí Fomento
  • Mediadores: Secretário Fábio Abreu e Dra. Elyne Dantas

13h – Encerramento

Fonte: Ascom/Repórter: Laurivânia Fernandes

Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905