Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Hospital Regional de Campo Maior realiza primeira cirurgia de fêmur

Publicado

em

O Hospital Regional de Campo Maior, administrado pela Santa Casa de Chavantes, alcançou um novo marco na área da saúde ao realizar com sucesso sua primeira cirurgia de fratura de fêmur. O procedimento pioneiro foi conduzido nesta segunda-feira (21), em duas pacientes, que estão apresentando um quadro estável durante o período pós-operatório.

Com uma duração média de duas horas, as cirurgias foram realizadas com todos os recursos essenciais, desde avaliações cardiológicas minuciosas até a garantia de vagas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para assegurar uma recuperação pós-operatória adequada.

Até então, o hospital não oferecia serviços para cirurgias ortopédicas desse porte, o que levava a um tempo médio de espera de até 45 dias por uma vaga. “Anteriormente, esses casos eram encaminhados para a Central de Regulação e os pacientes permaneciam internados aguardando uma vaga”, compartilhou o ortopedista Marcelo Lopes, responsável pelas intervenções.

O Dr. Lopes explicou que essa nova capacidade cirúrgica foi possibilitada pelo aumento do número de ortopedistas atuando na unidade. Com essa expansão, as cirurgias ortopédicas podem ser realizadas 24 horas por dia. “Isso representa um salto significativo na qualidade do atendimento ao paciente, pois antes eles eram internados e esperavam por uma vaga, o que poderia resultar em agravamento do quadro de saúde”, ressaltou o cirurgião.

Nádia Costa, diretora do hospital, enfatizou que também está nos planos da instituição oferecer cirurgias para fraturas de ombro. “Além de reduzir o tempo de espera, os pacientes estarão mais próximos de suas casas. Esses fatores contribuem para um pós-operatório mais positivo”, afirmou a gestora.

Dirceu Campêlo, superintendente de Média e Alta Complexidade da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), destacou o impacto positivo desse novo serviço no Hospital Regional de Campo Maior para os moradores da região dos Carnaubais, composta por 16 municípios, que dependem de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essa é mais uma conquista para o Hospital de Campo Maior, que desde maio já conta com uma UTI renovada, oferecendo suporte para cirurgias de maior complexidade”, declarou o gestor.

O Hospital Regional de Campo Maior reafirma seu compromisso contínuo com a qualidade dos serviços de saúde oferecidos à comunidade, proporcionando avanços significativos que beneficiam a vida de milhares de pessoas na região.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905