Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Polícia Militar do Piauí reforça efetivo com distribuição estratégica para todo o estado

Publicado

em

A Polícia Militar do Piauí dá um importante passo para fortalecer a segurança em todo o estado com o início da distribuição do novo efetivo de soldados. Após a formação e nomeação, esses profissionais estão prontos para integrar os batalhões de Teresina e já participaram de operações no litoral, a serviço do Departamento Geral de Operações (DGO). O processo de definição de lotação das policiais femininas teve início ontem (03), enquanto nesta sexta e sábado ocorre a lotação dos policiais masculinos.

O comandante-geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Scheiwann Lopes, destaca que a distribuição se baseia na classificação obtida durante o Curso de Formação de Soldados. Os soldados têm a oportunidade de escolher o primeiro local de trabalho com base em sua posição na classificação geral do curso e nas vagas disponíveis nas diversas unidades de policiamento da PMPI.

“São homens e mulheres que estão aqui de forma democrática e justa, seguindo justamente a classificação do curso de formação, para que diante das vagas disponibilizadas nas diversas unidades da PMPI, tanto da capital como no interior, especializadas ou não, eles possam escolher, de acordo com a sua nota, o local primeiro onde irá servir o povo do Piauí”, ressalta o coronel Scheiwann.

Cerca de 30% do novo efetivo será direcionado para a região metropolitana de Teresina, incluindo a capital e municípios adjacentes, com um foco especial no policiamento especializado em unidades como ROCAM, BPRONE, BPCHOQUE e o Regimento de Polícia Montada. Já o interior do estado contará com um reforço de 741 policiais, a fim de atender à demanda das comunidades locais. A escolha dos locais de lotação levou em consideração critérios como nota, aptidões individuais e dados estatísticos de criminalidade.

O critério de classificação no Curso de Formação de Soldados é fundamental para determinar a lotação dos novos policiais, seguindo a hierarquia e a disciplina. “É uma decisão do comando para privilegiar e priorizar a questão da hierarquia e disciplina, justamente pela ordem de classificação, a ordem funcional daqueles que têm a ata de classificação do curso, pelo seu desempenho no curso de formação”, explica o coronel Scheiwann.

Em breve, uma nova turma de soldados terá início no Curso de Formação de Soldados (CFSD), conduzido pelo Centro de Educação e Aperfeiçoamento Profissional (CEFAP) da PMPI. A previsão é que cerca de 360 novos policiais sejam capacitados até o final de 2023. O coronel Sá Júnior, diretor do CEFAP, enfatiza que o curso será intensivo e focado na excelência da formação, capacitação e especialização dos futuros policiais.

“A formação será intensificada, proporcionando aos homens e mulheres da nossa corporação a vivência de situações do cotidiano, visando alcançar uma formação de excelência e, consequentemente, uma prestação de serviço de qualidade. A valorização do profissional é uma prioridade, e estamos trilhando um caminho sólido na direção desse objetivo”, conclui o coronel Sá Júnior.

Fonte: Ascom/Repórter: Victor Melo

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905