Siga, Curta, Compartilhe:

Entretenimento

Óia aí, a exuberância das cachoeiras do Norte do Piauí

Publicado

em

As quedas d’água estão entre as belezas mais deslumbrantes que a natureza oferece. Elas fascinam especialmente os amantes do ecoturismo, que saem em busca das melhores opções, seja para banho, lazer, pesquisa ou aventura. No Piauí, as cachoeiras dos Territórios dos Carnaubais, dos Cocais e Entre Rios, no norte do estado, encantam turistas, sejam eles piauienses ou de outros estados, ou até mesmo de outros países.

O melhor período para visitar esses atrativos é o chuvoso, nos primeiros meses do ano, quando o espetáculo proporcionado pelas águas deixa a paisagem ainda mais contemplativa. Mas o fim das chuvas e a chegada da época mais quente do ano, quando ainda há queda d’água, também há um aumento na procura por esses atrativos. 

Segundo a climatologista da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semarh), o período de transição da estação chuvosa e estação da estiagem, também período de transição do outono para o inverno, traz a sensação de aumento nas temperaturas e, em consequência, na sensação térmica (calor). “É comum observarmos a população ir em busca de algo para se refrescar, como piscinas, açudes, riachos e cachoeiras”, explica a especialista.

As opções são variadas para os turistas escolherem, desde as mais conhecidas, como a Cachoeira do Urubu, no município de Esperantina, até aquelas que ainda são pouco exploradas, como as cachoeiras do município de Novo Santo Antônio.

Para o secretário do Turismo, José Monteiro Neto, essas cachoeiras possuem uma beleza paradisíaca e proporcionam aos visitantes uma experiência única e inesquecível. “Elas não deixam a desejar em relação a outros atrativos turísticos do Brasil e até do mundo. Somos privilegiados por termos um ecoturismo, turismo de natureza e aventura tão fortes no estado. Vale muito a pena conhecer nossas potencialidades turísticas e apreciar, com responsabilidade, as belezas do nosso estado”, acrescenta o gestor.

Alto Longá

No município de Alto Longá, a 81 km de Teresina, a Cachoeira da Campeira é uma excelente área de lazer, com uma belíssima queda d’água de 5m de altura, que se forma somente no período chuvoso. Localizada a cerca de 10 km da área urbana, o acesso é fácil e gratuito. As águas descem pelas rochas em forma de gruta e dão origem a piscinas naturais em diversos pontos, fazendo um irrecusável convite ao mergulho. Além disso, tanto a área da cachoeira como o percurso até lá são atrativos para quem curte aventura, trilhas e esportes radicais, já que um trecho do caminho é de estrada de chão e as formações rochosas favorecem a prática de escalada e rapel.

Novo Santo Antônio

Outro local onde a exuberância de cachoeiras piauienses se manifesta é em Novo Santo Antônio. O município fica a 115 km de Teresina e conta com um circuito formado por três cachoeiras principais. A mais conhecida e visitada é a da Coruja, a 14 km da zona urbana, que possui queda d’água de 10 metros de altura na época chuvosa. O acesso é gratuito e possui nível médio de dificuldade.

Depois, a 3 km, a cachoeira do Rosário ou Pigoita (este nome é o mais utilizado por moradores locais), também muito conhecida por ter uma ponte suspensa. Possui pequenas quedas d’água, semelhantes a corredeiras, que se formam no período chuvoso. O acesso é fácil e gratuito.

Fechando o circuito, a cachoeira da Roça Velha, a 5 km, a menos conhecida, mas que não deixa de ser incrível para se explorar e de contribuir para o turismo local. Por lá, as águas do riacho Sucuruju correm pelos lajeiros e formam grandes piscinas, todas cercadas por pequenos cânions e cenários incríveis.

Castelo do Piauí

Com uma queda d’água de 20m, a Cachoeira das Arraias, no município de Castelo do Piauí, é um importante instrumento de turismo da região. Ela alimenta o ecoturismo, atraindo turistas e fortalecendo a economia no município, que fica a 189 km de Teresina, no norte do estado. O local é propício à prática de esportes radicais, além de ser terreno fértil para pesquisas. A entrada é gratuita, mas o acesso é difícil, com caminhos íngremes e escorregadios.

Buriti dos Montes

O Cânion do Rio Poti é um espetáculo da natureza localizado em Buriti dos Montes, a 249 km de Teresina. A região possibilita várias atividades, desde esportes radicais, como rapel, escalada, mergulho, até a pesca esportiva. O local é ideal para os apaixonados pela fotografia e também é uma rica fonte para estudo geológico. É visitado principalmente por pescadores e ecologistas. Algumas rochas apresentam gravuras rupestres muito antigas.

O cânion inicia na Cachoeira da Lembrada, uma das mais belas e imponentes em terras piauienses. Gerado pela passagem do rio Poti por uma fenda geológica situada na serra da Ibiapaba, entre o Piauí e o Ceará, o cânion estende-se pelos municípios de Crateús, no Ceará, Castelo do Piauí, Buriti dos Montes e Juazeiro, no Piauí. O acesso é feito por meio de duas estradas vicinais: uma pela cidade de Juazeiro do Piauí e outra pela cidade de Castelo do Piauí. A entrada é gratuita e o acesso possui nível médio de dificuldade: a trilha apresenta trechos íngremes e que rodeiam os paredões do cânion.

Piracuruca

A Cachoeira do Riachão é resultado da união de riachos e olhos d’água que dão origem a uma queda de 20 metros, formando uma bela piscina natural de águas cristalinas e propícia ao banho. Esse é um espetáculo à parte dentro do Parque Nacional de Sete Cidades, um dos principais atrativos turísticos do Piauí, localizado entre os municípios de Brasileira e Piracuruca.  A cachoeira fica logo na primeira “cidade” do parque e tem acesso fácil, apesar de exigir certo fôlego para descer uma escadaria. O local apresenta formações rochosas repletas de simbolismo e história, bem como pinturas rupestres e trilhas para bicicleta e caminhada.

Para receber os visitantes, existe a estrutura de um hotel, que passa por reformas e deve começar a operar ainda no segundo semestre de 2024. A estrada que dá acesso ao Parque Nacional de Sete Cidades também foi reformada e inaugurada, o que facilita ainda mais o acesso do público.

Fonte: CCom / Repórter: Edmilson Silva / Fotos: Paulo Barros

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905