Siga, Curta, Compartilhe:

Vídeos

Funcionários da Zoonozes matam cavalo puxando pelo pescoço. Veja na TWV!

Publicado

em

Funcionários do Centro de Zoonozes, da Prefeitura de Teresina, mataram, na manhã desta quarta-feira (18/01/2023), um cavalo do carroceiro Júlio César (pai de 6 filhos), no bairro Buenos Aires, na zona norte da capital.

Os servidores públicos teriam abordado o animal que estava solto nas ruas e jogado um laço (corda) de qualquer jeito, sem nenhuma técnica no pescoço do animal, arrastando-o até quebrar a artéria principal do cavalo que morreu sangrando pela boca, no meio da rua.

No final desta tarde de quarta-feira, quando tomou conhecimento do caso, a reportagem não conseguiu contato com o Centro de Zoonozes, mas a presidente do Sindicato dos Carroceiros, Tina Lima, conversou com a reportagem do portal walcyvieira.com e fez graves denúncias de maus tratos a animais nos locais em que eles ficam apreendidos. “Lá chega a faltar comida e água”, disse.

Tina informa que os capturadores de animais rodam dia e noite pegando os que encontram soltos nas ruas e para liberar cada animal é cobrado R$ 300,00, mais R$ 12,00 por cada dia que ele permanece no curral do município.

“O cavalo do Júlio César foi abordado num instante que o dono se descuidou, enquanto deixava um filho na escola e o animal estava comendo em frente a casa dele. Foi o tempo desses satanás [funcionários da Zoonozes] aparecerem”, disse Tina.

A reportagem do walcyvieira.com orientou Tina e Júlio César a procurarem a Delegacia do Meio Ambiente e o Ministério Público Estadual, o que deve ocorrer na manhã desta quinta-feira (19).

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905