Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Avião roubado no Piauí é um verdadeiro ‘achado’ para traficantes internacionais

Publicado

em

Como nunca haviam roubado (isso mesmo, tomado na marra, mediante violência) um avião no Piauí, o jornalismo investigativo do walcyvieira.com entrou “campo” para saber o que ‘diaxo‘ os bandidos viram na aeronave. A conclusão foi imediata: o Cessna 206 PT-DQ levado na madrugada de sábado (14/01) é o preferido para o cartel do tráfico de drogas, bem como a fragilidade na segurança no Clube de Ultraleve do Piauí facilitou a ação dos marginais.

O avião é robusto, forte, pousa em pequenas áreas. É bem espaçoso, com grande capacidade de peso (dá para levar duas vacas dentro dele). O Cessna é capaz de pousar em pequena vielas, iguais aquelas clandestinas que os garimpeiros usam no Pará, na região Amazônia. Não precisa de grandes pistas para ele pousar e decolar.

Para os traficantes internacionais, da Colombia, região do Panamá, que é minada de pistas clandestinas, o Cessna é quem opera.

E A FRAGILIDADE DO CLUBE?

A segurança (que na realidade é penas uma espécie de caseiro que toma conta do local), no  Clube de Ultraleve do Piauí, junto com a vaidade dos donos de aeronaves que levam todo tipo de gente para mostrar os seus “brinquedinhos”, são dois fatores que facilitam a ação de criminosos.

A ação foi minunciosamente planejada e os bandidos já tinham conhecimento do Cessna no local. O tempo que os dois bandidos ficaram com o vigia do clube, foi exatamente o necessário para a aeronave sair de solo piauiense.

O secretário de Segurança, Chico Lucas, determinou rigor nas investigações do caso. Já pediu ajuda até a Polícia Federal.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905