Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Presos fazem ração para animais abandonados nas ruas

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí, por meio da Gerência da Penitenciária Professor José Ribamar Leite, em Teresina, inovou em um projeto piloto na área social e de cuidado com animais, como cães e gatos . Os internos daquela unidade penal estão utilizando as sobras de alimentação dos detentos para a produção de rações e alimentos naturais para cães e gatos que não têm um lar e que ficam aos cuidados de instituições que os resgatam.

Na última quarta-feira (4), foram doados cerca de 25kg de patê produzidos pelos reeducandos da unidade, cerca de 80kg de ossos carnudos e, ainda, 85kg de rações industrializadas para a Casa Pet, que realiza resgate e acolhimento de animais.

O secretário da Justiça, Heitor Bezerra, esteve presente na instituição, prestigiando a ação. “É um projeto piloto que surgiu por parte da administração da unidade penal. Eles perceberam que estava sobrando alimentos que poderiam ser aproveitados como ração para animais. Vamos ver a aprovação dos produtos e buscar expandir a produção nas demais unidades penais”, comentou o secretário da Justiça.

A ação representa mais um passo para a reinserção social das pessoas privadas de liberdade no Piauí. O Estado oportuniza trabalho e educação em suas 17 unidades penais. Segundo a Lei de Execução Penal (LEP), a cada três dias de trabalho, um é reduzido da pena.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905