Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Criança foi mesmo morta em assalto por tiro disparado por tenente PM

Publicado

em

O tiro que matou a menina Débora Vitória, durante um assalto no bairro Ilhotas, em Teresina, no dia 11 de novembro, não foi disparado pelo  elemento Clemilson da Conceição Rodrigues, sim pelo tenente reformado B. Filho, da PM do Piauí.

A conclusão consta no relatório do inquérito policial já remetido a Justiça, baseado em exame de comparação balística.

A própria mãe da criança, a manicure Dayane Gomes já havia denunciado que sua filha foi morta por um tiro disparado pelo policial. Ele mora vizinho ao local em que Clemilson anunciou a um assalto contra Dayane e a filha Vitória.

O policial teria se precipitado e abrido fogo contra o bandido, quando mãe e filha ainda estavam na linha de fogo. Logo o primeiro disparo do tenente Vitória teria sido atingida; sequenciando uma troca de tiros em que Dayane também foi atingida, porém sobreviveu. Já a filha, morreu a caminho do hospital.

Clemilson foi preso horas depois. Ele já é conhecido no meio policial e estava em liberdade condicional. O militar reformado foi indiciado, mas se encontra em liberdade.

Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905 - DRT/PI 955