Connect with us
Banner Doação

Polícia

Tiros, morto e feridos no show de Xand Avião e Nattanzinho no Piauí

Publicado

em

Uma pessoa morreu e nove ficaram feridas durante um tiroteio na madrugada deste sábado (12), no Comércio Esporte Clube, no Centro de Floriano (a 244 km de Teresina), onde ocorriam os shows dos cantores de forró Xand Avião e Nattanzinho.

Vídeos que circulam na rede social mostram o desespero, correria do público no clube onde iria ocorrer apresentação de Nattanzinho. O tiroteio ocorreu após Xand Avião encerrar o show, quando o cantor Nattan iria entrar no palco. Em um vídeo, o cantor Nattanzinho e parte da banda são vistos  deitados no chão do camarim e se houve dois tiros.

Segundo informações do tenente-coronel Inaldo Barros, comandante da Polícia Militar de Floriano, a guarnição foi acionada por volta das 2h da madrugada e o chegar ao local encontrou a vítima fatal.

“Chegamos lá, isolamos a área e tentamos acalmar as pessoas, havia correria e pânico. Os tiros ocorreram no front próximo aos bares dentro do clube. Com o rapaz que morreu encontramos uma pistola e muitas notas de R$ 100”, disse o comandante.

O comandante acrescentou que ainda não se sabe quem teria iniciado os disparos e quem teria atirado contra o homem. Testemunhas relataram que os tiros teriam começado na parte do bar do evento. A Polícia Civil investiga o caso.

Com a vítima fatal, a PM informou também que foi encontrada uma arma. Já os feridos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Regional Tibério Nunes. 

Segundo a Polícia Militar, o rapaz que morreu foi identificado como Wellington Lira, 30 anos.

“O rapaz que morreu é suspeito de um homicídio e chegou a ser  preso também por tráfico de drogas”, informou o tenente-coronel Inaldo Barros.

A Polícia Civil informou que há indícios de acerto de contas de grupos rivais. 

No show estavam cerca de 3 mil pessoas. 

A delegada Anna Lívia, preside o inquérito que investiga a morte de Wellington Lira e a tentativa de homicídio contra as nove pessoas. 

No tiroteio as vítimas foram feridas no pescoço, fígado, braço, pernas e não correm risco de morte. 

O Hospital Tibério Nunes disse ao a reportagem que todas as vítimas são homens com idades entre 15 a 40 anos.

Das nove vítimas, uma já recebeu alta, outros sete seguem internados e uma pessoa aguarda avaliação ortopédica. O hospital acrescentou que todos estão bem e não correm risco de morte. Outras diversas pessoas que também estavam no show deram entrada na unidade de saúde com crises de pânico e ansiedade. 

Nas redes sociais, o cantor Nattanzinho informou que o tiroteio ocorreu antes dele entrar no palco e que conseguiu sair do local em segurança.

“Graças a Deus, já está tudo bem, já estou no hotel, conseguir sair de lá, foi um cara que sacou uma arma, não sei o que aconteceu. Ouvi muitos tiros, loucura, o Xand iria tocar e eu seria o próximo. Estou com meu coração apertado, não sei o que pode ter acontecido”, falou o cantor. 

Texto: Rebeca Lima e Yala Sena / Cidade Verde

Polícia

Pancadaria dentro do Shopping Parnaíba, no litoral do Piauí

Publicado

em

 A Polícia Civil de Parnaíba, litoral do Piauí, deverá abrir inquérito para apurar uma pancadaria entre várias pessoas, ocorrida nesta sexta-feira (02/12/2022), na Praça de Alimentação do Shopping Parnaíba, localizado na Avenida Litorânea.

As pessoas envolvidas na pancadaria estavam assistindo ao jogo Brasil e Camarões. Faltando pouco mais de 6 minutos para terminar a partida (quando o Seleção Brasileira tomou o único gol da partida), os ânimos começaram a se alterar.

Foi só o árbitro apitar o final do jogo que o “pau comeu”. Foi gente brigando para todo lado. A confusão só parou quando os seguranças do estabelecimento interviram.

Continue Lendo

Polícia

Corpo de homem encapuzado, pés e mãos amarrados é encontrado em Campo Maior

Publicado

em

Ocorpo de um homem não identificado, foi encontrado na tarde desta sexta-feira (02) com a cabeça encapuzada, os pés e as mãos amarradas na PI-215 entre Coivaras e Campo Maior (PI). 

Segundo informações, o corpo foi encontrado por populares por volta das 14h que logo acionaram a polícia para realizar o isolamento da área. 

Na região não tem marcas de sangue, que pode indicar que o corpo foi desovado no local. O IML foi acionado para fazer a perícia.

Texto: Campo Maior Em Foco

Continue Lendo

Polícia

Condenado a 30 anos o ‘cabra’ que aplicou 6 facadas na ex

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Piauí, representado pelo Promotor de Justiça João Malato Neto, teve a tese ministerial acatada pelo Conselho de Sentença e conseguiu a condenação do réu Cleyton de Jesus Santos a 30 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. O julgamento foi realizado na Comarca de Parnaíba nessa quinta-feira, 1º de dezembro. Após o júri, o réu foi encaminhado à penitenciária local.

Cleyton Santos foi julgado pelos crimes de violência psicológica contra a mulher (artigo 147-B, do Código Penal) e tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil, com emprego de meio cruel, utilizando-se do recurso que impossibilitou a defesa da vítima; por ter sido praticado por motivos de gênero (feminicídio); e praticado na presença de parentes da vítima (artigo 121, §2º, II, III, IV e VI e §2º-A, I e § 7º, III c.c artigo 14, II, todos do Código Penal).

Em setembro do ano passado, o acusado participou ativamente da tentativa de assassinato de Mônica Oliveira da Silva, sua ex-companheira, enquanto esta estava conversando com familiares em sua própria residência. A vítima foi surpreendida e violentamente atacada com seis facadas, desferidas à curta distância.

Consta dos autos que o condenado agiu após a vítima ter negado a reconciliação. Ele deslocou-se até a residência da vítima, armado com uma faca, pulou o muro do imóvel, aproximou-se de Mônica de surpresa e aplicou-lhe seis violentas facadas, atingindo-a na sua cabeça, mãos, braço e perna, quase ocasionando a morte dela.

Posteriormente, o acusado evadiu-se do local do fato e fugiu para Brasília, onde foi preso posteriormente.

“Esse crime, à época dos fatos, causou grande repercussão na sociedade de Parnaíba, em virtude de ter sido praticado na presença da genitora e da filha menor da vítima, onde a população clamava por justiça em virtude da violência e da covardia de mais um crime de feminicídio no Estado do Piauí”, diz o promotor João Malato Neto.

Continue Lendo
Publicidade

MAIS LIDAS

Copyright - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905