Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Oposição na Câmara de Timon protagoniza circo de horrores e ainda zomba perguntando como fazer o bem ao povo

Publicado

em

Depois de ser flagrado produzindo vídeo para jogar nas redes sociais, fazendo a política ‘do quanto pior, melhor’, e supostamente aparecer como “um bom menino” para a comunidade de Timon, Maranhão, o presidente da câmara municipal local, vereador Uilma Resende, usou, nesta segunda-feira (14/02), a tribuna da casa do povo para perguntar “como se faz o bem ao povo? Quem souber me diga!”.


A resposta é clara e está na ponta da língua do também vereador Ivan do Saborear, líder da bancada que dá sustentação a prefeita Dinair Veloso: “Para fazer o bem ao povo de Timon, basta o vereador Uilma aprovar (junto com a bancada de oposição) a Lei Orçamentária Anual de 2022”, ensina Ivan.


Sem a aprovação da lei que prevê gastos, a gestão de Dinair Veloso não pode gastar recursos (mesmo que ele exista). É a chamada previsão legal de gastos, cuja aplicação dos recursos (aí sim) deverá ser fiscalizada e acompanhada pelos vereadores.


No entanto, os vereadores de oposição votaram duas vezes contra a aprovação da lei, exatamente, para não ter como Dinair Veloso aplicar recursos na melhoria da qualidade de vida do timonense.


No plenário, os vereadores de oposição montam verdadeiros cenários, dignos de qualquer espetáculo circense de quinta categoria. Nesta segunda-feira (14), por exemplo, enquanto seus pares votavam calçamento para as ruas, o filho da deputada Socorro Waquim, vereador Ulisses Waquim foi para a frente da Câmara, levou um fotografo, e fingia conversar com 4 homens da Guarda Municipal para aparecer bem na foto. “Grava aí, faz de contas que estou conversando com eles”, disse Ulisses, sem observar que a reportagem do walcyvieira.com estava a 3 metros de distância, observando (e registrando) a montagem do palco de horrores.


A propósito, não é o primeiro flagrante em que Ulisses é pego montando para aparecer bem nas imagens (clique aqui e veja outro cenário montado por ele para tentar aparecer como um vereador atuante). Enquanto isso, a Prefeitura de Timon continua “engessada”, sem ter previsão de gastos para o município durante todo o ano de 2022.

Até a Justiça já foi acionada para tentar fazer com que os vereadores de oposição esqueçam a política partidária e cumpram o seu papel de fazer o bem ao povo timonense, deixando a Prefeitura trabalhar para que eles fiscalizem.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905