Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Quem fizer queimada no Piauí vai comer marmita na prisão

Publicado

em

O governador Rafael Fonteles participou, na tarde desta segunda-feira (28/08/2023), no Palácio de Karnak, de uma reunião para debater o cenário climático do Piauí e estabelecer metas e ações que visam combater incêndios e a falta de abastecimento de água. Durante a reunião, o governador ordenou a abertura de inquérito de investigação para queimadas criminosas.

VÍDEO. Anúncio R. Carvalho/Promoção

Conforme Rafael, a reunião serviu para debater sobre as altas temperaturas e os riscos causados por ela. O governador defende um trabalho conjunto de várias secretarias e órgãos para garantir o abastecimento de água e combater os incêndios. “Encerrando aqui uma reunião importante com vários secretários, Defesa Civil, Semarh e exército para debater um tema muito relevante para o Piauí e o Brasil nesse momento. O aumento das temperaturas que acaba elevando o risco de queimadas e também de desabastecimento de água,  isso tem muito a ver com o fenômeno do El Niño. Portanto, estamos tomando medidas importantes para garantir o abastecimento de água em vários municípios e garantido o combate aos incêndios”, explicou Fonteles.

O governador determinou ainda ao secretário de segurança, Chico Lucas, a abertura de inquéritos. “Determinei ao secretário de segurança que abra inquéritos para apurar a causa de todos esses incêndios, especialmente no cerrado piauiense, para evitar que aconteçam novamente incêndios criminosos no estado do Piauí”, defendeu o governador.

O secretário de Segurança, Chico Lucas, explicou que grande parte dos incêndios que vêm acontecendo tem como motivador a ação humana, cabendo às forças de segurança investigar e responsabilizar os criminosos. “Nós percebemos que a maioria dos incêndios têm como causa o ser humano que provoca o fogo e a gente vai motivar a polícia civil junto com a polícia científica, inclusive com a perícia, para identificar se a causa foi ou não criminosa e aqueles que estiverem cometendo esse tipo de crime serão responsabilizados. É importante que as pessoas tenham bom senso de que não podem provocar incêndio neste período de estiagem que estamos vivendo”, explica o secretário.

Chico Lucas esclarece que atualmente as forças de segurança já estão atuando em regiões que estão sofrendo queimadas, como em Canto do Buriti. “Já temos inquéritos abertos principalmente na região para avaliar, inclusive com perícia sendo feita. Já mandamos a polícia científica para lá e é só questão da perícia finalizar o trabalho que iremos responsabilizar os autores dos incêndios criminosos”, concluiu o gestor.

A reunião contou com a presença do secretário de Governo, Marcelo Nolleto; o secretário de Planejamento, Washington Bonfim; secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Daniel Oliveira; secretária de Estado da Defesa Civil, Norma Nogueira; secretário de Segurança, Chico Lucas; o representante do 25º Batalhão de Caçadores do Exército, Cel. Rêgo; coordenador de Comunicação Social, Mussoline Guedes; presidente da APPM, Toninho da Caridade e o diretor de Prevenção da Defesa Civil do Piauí, Werton Costa.

Fonte: CCom / Repórter: Bruno Pinheiro

VÍDEO. Anúncio Aplicativo Ciclone

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905