Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Piauí Fomento crédito fácil e juro baixo. Vai dá um empurrão aos empreendedores

Publicado

em

Em pouco tempo o empreendedor piauiense deve ter em mãos, por meio de dispositivo eletrônico, o poder de contratar crédito de forma ágil, desburocratizada, a baixo custo, para impulsionar empreendimentos no campo e na cidade. A Piauí Fomento, instituição genuinamente piauiense, reconhecida no mercado há mais de uma década, caminha para se tornar uma plataforma digital moderna, a serviço do desenvolvimento econômico do estado. É determinação do governador Rafael Fonteles que o novo formato, em desenvolvimento, facilite o acesso aos recursos, mantendo as menores taxas.

“As pessoas vão poder apresentar propostas, solicitar boletos, simular valores, tudo de forma digital e automatizada, para simplificar e agilizar o acesso ao crédito”, explica Feliphe Araújo, diretor da Piauí Fomento.

Atendendo em unidade física atualmente, a Piauí Fomento oferece crédito urbano e rural para micro e pequenas empresas, empreendedores individuais e profissionais liberais. A linha urbana é dividida em duas modalidades. O microcrédito produtivo orientado é direcionado para microempreendedores individuais, profissionais liberais e autônomos, com limite máximo de R$ 20 mil. Já as micro e pequenas empresas podem tomar até R$ 180 mil em financiamento.

A Piauí Fomento dispõe ainda de financiamento para projetos de energia solar. Em 2022 a instituição contabilizou 1.800 contratações. O crédito mais procurado é o de Pequeno Produtor Rural, voltado para agricultores familiares e tem impulsionado, por meio de parcerias,  diferentes instituições e órgãos, como a Secretaria de Estado da Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada), Banco Cocais, entre outros.

“O valor mínimo é de R$ 1 mil e o máximo na casa dos R$ 20 mil. O dinheiro pode ser aplicado na compra de materiais, equipamentos, insumos e animais. Na avicultura, por exemplo, ele pode comprar o pinto, alimentar a ave e depois fazer a venda do ovo ou da própria galinha”, acrescenta Araújo.

Público-Alvo

Podem contratar com a Piauí Fomento pessoas físicas que exerçam algum tipo de atividade, seja profissional liberal ou autônomo; microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais; além de agricultores. A instituição exige a apresentação de documentos pessoais e/ou da empresa, conforme o perfil do proponente, além de alguns formulários.

Turismo

Por determinação do governador Rafael Fonteles, a Piauí Fomento vai ampliar a oferta de crédito. Empreendedores do ramo do Turismo serão acrescentados ao público-alvo da instituição.

“O objetivo é favorecer o crescimento das empresas no setor, oferecendo melhores serviços e produtos para o turista que procura o Piauí”, destaca Feliphe Araújo.

Fonte: CCom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905