Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Alunos da rede estadual do Piauí alcançam 980 pontos na redação do Enem

Publicado

em

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), coloca o Piauí, mais uma vez, em posição de destaque no Brasil. Estudantes piauienses figuram entre os candidatos que atingiram as maiores notas da redação, reunindo boas chances de conquistar a vaga desejada na universidade pública, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Egresso da Unidade Escolar João Henrique de Almeida Sousa, localizada no bairro Morada Nova, zona sul da capital, onde concluiu o ensino médio no ano passado, Natanael Paulino (18), tirou nota 980 na redação do Enem. Amante das ciências exatas, ele se mostrou surpreso com o resultado, mas revelou que se preparou bem para o teste. “Minha professora de redação sempre exigia algo a mais da gente. Eu fazia minha parte. Uma redação na escola e outra extra em casa, por minha conta. Sempre tirava (nota) 800 a 840. Mas a gente sabia que o critério que minha professora usava na correção era bem rígido” lembrou o estudante.

Filho de um segurança aposentado e de uma dona-de-casa, Natanael acredita estar muito próximo do sonho de cursar Engenharia Aeroespacial, na Universidade Federal do ABC (SP). “Minha escola é uma das melhores do estado e sempre buscou atividades extracurriculares pra ajudar a gente no Enem. Tínhamos revisões com professores da Seduc, também com outros professores específicos de redação. Sempre tivemos um bom suporte por parte da escola” acrescentou.

Anny Giselly da Silva (18) é outro fruto da excelência da educação no interior do Piauí. Moradora do povoado Mateuzinho, zona rural de Jacobina/PI, a 878 quilômetros ao sul da capital, a estudante concluiu o ensino médio na Unidade Escolar Severo Rocha em 2021 e continuou recebendo suporte através dos grupos de whats app mantidos pela Seduc.

“Eu usava os grupos pré-enem Seduc como suporte, onde recebia muitas dicas, inclusive sobre redação. Foi muito importante pra mim. A Seduc dispõe de profissionais qualificados, que suprem a necessidade de apoio e até suporte emocional. Sempre que precisamos, eles estão dispostos” ressaltou a estudante.

Anny dedicou a boa nota na redação ao pai, o agricultor Deusivaldo Silva, falecido aos 44 anos, vítima da Covid-19. Filha de uma professora, a adolescente, que começou a cursar enfermagem na Uespi, em Picos, ano passado, aguarda o Sisu para tentar uma vaga no curso de medicina, seu grande sonho.

Tem piauiense também no topo do ranking. No seleto grupo dos candidatos que atingiram 1000 pontos na redação do Enem, está a teresinense Carolina Damascena (20), aluna da rede privada de ensino. Ela contou que passava até 14 horas por dia na escola fazendo o pré-vestibular. Todo esforço pelo propósito de cursar medicina na Universidade federal do Piauí (Ufpi).

“Muita prática, planejamento, sempre buscar orientação, melhorar as falhas em cada competência, e, acima de tudo, perseverança. Uma hora dá certo” declarou Carolina, ressaltando que superou por três vezes a frustração da não aprovação no vestibular, antes de atingir a nota máxima na redação do Enem.

Pelas redes sociais, o governador Rafael Fonteles parabenizou os estudantes piauienses. “Parabenizar os estudantes piauienses pelo desempenho na redação do Enem 2023. Ana Carolina Damasceno, que alcançou a nota 1.000; Anny Gisele da Silva, da Escola Severo Rocha, de Jacobina do Piauí; e Natanael Paulino, do CETI João Henrique de Almeida Sousa (Teresina), com nota 980. Destaque também para Francisco Vinícius Oliveira, da Sala On-line do Pré-Enem Seduc, que obteve 900 pontos. Em nome deles, parabenizo todos os estudantes que participaram da prova. E peço que nunca desistam – insistam no sonho e no esforço de construir um futuro melhor por meio do estudo, da educação e do conhecimento”, disse Fonteles.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905