Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Trabalho, trabalho, trabalho, também no TJ do Piauí. Parte das férias pode ser em ‘real’

Publicado

em

O Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) aprovou, em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (6), a instituição do Abono Pecuniário de Férias para Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí. A Resolução 236 faculta a conversão de um terço de cada período de trinta dias de férias em abono pecuniário.

Segundo o normativo, “o(a) servidor(a) interessado(a) em converter um terço do período de trinta dias de férias em abono pecuniário deverá manifestar sua intenção no momento de preenchimento da escala de férias”. O interesse na conversão deve ser manifestado no momento do preenchimento da escala de férias.

Além disso, o documento prevê que as férias adquiridas e não gozadas por necessidade de serviço poderão ser indenizadas após o acúmulo de 30 dias, mediante requerimento, respeitada a disponibilidade orçamentária e financeira, por ato do Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, conforme regras estabelecidas na Resolução.

“A aprovação desta Resolução é uma oportunidade de prestigiarmos os nossos servidores, com a sua valorização e reconhecimento, visando aprimorar e otimizar a prestação jurisdicional, a bem do interesse público”, disse o desembargador Hilo de Almeida Sousa, presidente do TJ-PI, após a aprovação da matéria.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905