Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Primeira escola indígena do Piauí está sendo ‘arrumada’

Publicado

em

Representantes do Núcleo de Educação Escolar Indígena e Quilombola da Secretaria de Estado da Educação (NEEIQ/Seduc), juntamente com os indígenas venezuelanos da etnia Warao e indígenas brasileiros Guajajara, realizaram nesta terça-feira (10) uma inspeção no prédio que será reformado para atender a primeira escola indígena do Piauí. A escola será implantada onde funcionava a Unidade Escolar Professor Tomaz Area Leão Filho, bairro Três Andares, em Teresina.

Tatiana Gonçalves de Oliveira, coordenadora do NEEIQ, que faz parte da Superintendência de Educação Básica, revela que a Seduc trabalha na implementação da Política Estadual de Educação Escolar Indígena e Quilombola no âmbito da educação básica do Piauí.

“A primeira escola indígena do Piauí será inaugurada em Teresina e será um projeto piloto da Seduc para atender as outras comunidades que solicitarem a implementação da educação escolar indígena”, destaca a coordenadora.

O Governo do Estado desenvolve o projeto em regime de colaboração com a Secretaria Municipal de Educação de Teresina, Cáritas, UESPI e UFPI, além de agências internacionais como a Acnur (Agência das Nações Unidas para Refugiados).

“É um grande desafio a implementação dessa política pública, mas acreditamos que, com a criação do Ministério dos Povos Indígenas e do Ministério da Igualdade Racial, possamos avançar na garantia dos direitos dos povos indígenas e quilombolas paa uma educação específica, como prevê as diretrizes federais para essas modalidades de ensino”, complementa Tatiana Gonçalves.

Atualmente está sendo desenvolvido o projeto de reforma da escola, com vistas em atender às especificações de uma escola indígena, como prevê as diretrizes nacionais.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905