Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Vai aumentar o calor de rachar no Piauí. Dá vontade de entrar na geladeira!

Publicado

em

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), por meio da Diretoria de Planejamento e Segurança Hídrica e da Sala de Monitoramento e Previsão de Eventos Climáticos Extremos, publicou boletim informativo sobre ondas de calor que podem alterar as condições atmosféricas (temperatura e umidade) no Piauí, a partir do dia 20 de setembro, com 
possibilidade de se estender até o dia 22. O boletim foi divulgado na noite dessa segunda-feira (18), dia em que as ondas começaram a ocorrer.

Os dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informam que são esperadas temperaturas que podem ultrapassar os 40ºC com umidade abaixo dos 15%, especialmente em municípios das mesorregiões sudoeste e sudeste piauiense.

Essa forte onda de calor pode provocar alguns sintomas que impactam a qualidade de vida, como: problemas respiratórios e de pele, insolação, desidratação e aumento de problemas de pressão. Por isso, é recomendado estar sempre hidratado e evitar práticas de esportes expostos ao sol entre 11h e 18h.

As ondas de calor correspondem a um período de dias em que são registradas  temperaturas máximas superiores à média comum da época. As temperaturas elevadas são comuns no período de setembro, outubro e novembro (SON), tal como os baixos índices de umidade relativa do ar (%). No entanto, em 2023 tem sido observado que os sistemas atmosféricos estão apresentando comportamentos extremos, e isto é atribuído ao fenômeno do El Niño.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905