Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Telescópio dirigido à lua encanta multidão na Praça São José em Timon

Publicado

em

Uma experiência celestial envolveu a comunidade local quando o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) lançou uma iniciativa de astronomia na Praça São José. O evento atraiu centenas de entusiastas da ciência e curiosos que tiveram a oportunidade única de contemplar a lua através de um telescópio especialmente montado para a ocasião.

O diretor do IFMA de Timon, Rommel Neves, expressou sua satisfação em trazer a ciência diretamente para a população: “Essa é uma prova de que o Instituto Federal está exercendo a ciência. A intenção é divulgar a ciência através de projetos grandiosos que vão trazer cada vez mais benefícios para a nossa população”.

A atividade faz parte do projeto “Astronomia no Sertão”, que teve origem no campus do IFMA na cidade de Grajaú (MA) e visa não apenas a observação dos astros, mas também a expansão dessas experiências para as áreas rurais. O professor de física e engenharia elétrica do IFMA, Deusdete Brito, explicou: “Nosso intuito é expandir esse trabalho também para zona rural”.

O projeto tem planos ambiciosos para o futuro, com o professor de física do IFMA, Roberto Kennedy, revelando: “Hoje nós estamos observando a lua. Em momentos posteriores vamos observar planetas e as estrelas. Nós conseguimos ver com nitidez a superfície lunar que está iluminada”.

A cidade de Timon já se destacou no cenário espacial com a jovem Ivna Lohana Nascimento Silva, uma estudante que ganhou reconhecimento internacional da NASA ao identificar um asteroide. Aos 20 anos, Ivna recebeu um prêmio por seu feito notável que contribuiu para a segurança da sociedade. “Eu sempre gostei de astronomia, mas me senti mais estimulada após um projeto da NASA que inclui até crianças e idosos”, disse ela.

O evento de observação astronômica reuniu uma multidão ansiosa para testemunhar a lua de perto. Igor Chaves, um estudante participante, compartilhou sua empolgação: “A experiência foi muito legal e eu gostei muito. Essa é uma boa oportunidade para várias pessoas”.

Mesmo os mais jovens estavam fascinados com a visão celestial. Ana Laura, de oito anos, disse: “Eu gostei de ver a lua pelo telescópio e deu para aprender. Foi legal!”. Iasmim Silva, também com oito anos, expressou sua maravilha: “Foi muito legal ver a lua, eu nunca tinha visto antes. Eu nunca vou esquecer”.

O evento demonstrou a maneira como a ciência pode unir a comunidade e despertar o interesse em campos tão intrigantes como a astronomia. Através da colaboração entre instituições educacionais e o público, iniciativas como essa promovem a exploração do cosmos e inspiram as gerações futuras a olhar para o céu com curiosidade e admiração.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905