Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Projeto Viver do IPMT: um caminho para transformar vidas de aposentados e pensionistas

Publicado

em

“Eu tinha depressão. Depois que comecei a frequentar as atividades do Projeto Viver, experimentei uma melhora significativa em minha saúde mental. Minha ansiedade diminuiu e agora desfruto de uma vida muito mais tranquila.” Este é o relato da aposentada do município de Timon, Maria de Jesus Silva. As histórias de mudança e superação são comuns entre os participantes do Projeto Viver. Uma iniciativa que aquece corações e transforma vidas que tem se destacado na cidade.

O Projeto Viver, realizado pela Prefeitura de Timon e executado pelo Instituto de Previdência Municipal de Timon (IPMT), tem sido a resposta empática e dedicada aos aposentados e pensionistas da região, proporcionando um novo significado à vida daqueles que tanto contribuíram para o desenvolvimento da cidade.

Com mais de três anos de existência, o Projeto Viver já está impactando positivamente a vida de 300 aposentados e pensionistas, oferecendo muito mais do que apenas cuidados médicos. O programa abrange uma gama diversificada de atividades, desde artesanato e atividades físicas até assistência social e apoio psicológico. “É uma grande satisfação fazer parte do Projeto Viver e estar contribuindo para tantas melhorias na vida dos beneficiários”, afirmou a assistente social do projeto, Anne Frank Sousa.

A equipe multiprofissional do projeto não se limita a atendimentos dentro das instalações, mas também se desloca para visitas domiciliares, demonstrando um compromisso sincero com o bem-estar integral dos beneficiários.

Somente no primeiro semestre deste ano foram realizados mais de 1.020 atendimentos para os participantes entre atendimentos médicos, odontológicos (com colocação de próteses dentárias), psicológicos, fisioterapêuticos e sociais.

A iniciativa nasceu das conversas do presidente do IPMT, Lázaro Martins, com os aposentados e pensionistas. Martins percebeu a necessidade de proporcionar um ambiente acolhedor e estimulante para aqueles que, após anos de contribuição ao município, se viam muitas vezes enfrentando o ócio e a tristeza. Foi assim que, em junho de 2018, o Projeto Viver tomou forma, se tornando uma valiosa fonte de vitalidade para os aposentados de Timon.

A abordagem holística do projeto reflete a importância de cuidar da saúde física e emocional dos beneficiários. A psicóloga e coordenadora do projeto, Elizandra Carvalho, destaca: “O Projeto Viver é uma resposta ao anseio deles por uma vida mais plena, onde cada beneficiário é visto e cuidado de maneira única.”

Lázaro Martins, presidente do IPMT, compartilha o sentimento de realização ao ver o Projeto Viver desempenhando um papel transformador nas vidas daqueles que atende: “Testemunhar a transformação positiva que esse projeto trouxe aos nossos beneficiários é verdadeiramente emocionante. É ver cada um deles retomando a vida, voltando viver, que é o nosso objetivo aqui. É indescritível ver o envolvimento deles nas atividades, ver aqueles que chegaram praticamente sem andar e hoje dançam nas comemorações por conta dos atendimentos que são oferecidos… Então, estamos honrando o compromisso de colocar nossa população em primeiro lugar, como indicado pela nossa prefeita Dinair Veloso.”

Geane Vasconcelos, participante entusiasta do projeto, ressalta como o projeto trouxe significado e ocupação para sua vida: “Minha vida melhorou em todos os aspectos por causa das atividades do Projeto Viver. Antes, me sentia sozinha em casa, sem nenhum propósito. Hoje, tenho o hábito de participar do projeto e desfrutar de diversas atividades que ocupam minha mente.”

Dona Isolina Ferreira, outra aposentada, relata com entusiasmo a transformação que experimentou: “Estou me sentindo muito bem agora participando do Projeto Viver. Sair de casa para as atividades, as sessões de fisioterapia e outras aulas tem melhorado minha saúde física e mental. O Projeto Viver é uma das melhores coisas que aconteceu em nossas vidas, trazendo não apenas ocupação, mas também alegria e conexões sociais. Sou profundamente grata ao IPMT por esta iniciativa.”

“O Projeto Viver continuará sua jornada, redefinindo a maneira como a cidade cuida de seus ex-funcionários, garantindo que eles tenham uma aposentadoria repleta de alegria e novos significados. À medida que o projeto se expande e deixa um impacto duradouro, Timon se solidifica como uma cidade que não apenas reconhece, mas também valoriza e enriquece as vidas daqueles que contribuíram para sua história”, assegurou Lázaro Martins.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905