Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Piauí ascende à 4ª posição nacional na modernização dos serviços públicos digitais

Publicado

em

O Piauí tem se destacado no cenário nacional ao avançar significativamente na transparência pública e na modernização de serviços digitais em 2023, de acordo com um novo levantamento conduzido pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais e Públicas de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP-TIC).

O estudo, realizado desde 2020, analisa a transformação digital dos governos estaduais por meio da elaboração de índices que se dividem em três dimensões: D1 – Capacidades para a oferta digital de serviços; D2 – Oferta de serviços digitais; e D3 – Normatização sobre modernização para a oferta de serviços públicos digitais.

O destaque mais notável ocorreu na dimensão da normatização sobre modernização para a oferta de serviços públicos digitais, permitindo ao Estado do Piauí uma ascensão notável da última colocação em 2022 para a 4ª posição em 2023. A nota alcançada foi de 13,75 pontos, considerada excelente pela avaliação da ABEP-TIC. No geral, considerando a pontuação das três dimensões, o Piauí subiu três posições em relação ao ano anterior.

No decorrer da avaliação de 2023, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), em colaboração com a Superintendência de Controladoria-Geral do Estado (CGE), empreendeu esforços significativos para aprimorar os resultados do Piauí, trabalhando em conjunto com órgãos como Etipi, Seplan e PGE. O decreto nº 21.979, de 13 de abril de 2023, foi editado, instituindo a Política de Transformação Digital no âmbito do Poder Executivo do Estado, além do estabelecimento do portal único de serviços e a regulamentação das leis federais nº 14.129/2021 e 13.460/2017. O processo também contou com a contribuição valiosa do auditor governamental Márcio Barros e da assessora técnica Nayara Figueiredo.

A controladora-geral do Estado, Amparo Esmério, considerou os resultados altamente positivos. Ela enfatizou que a criação de um ranking competitivo entre os Estados incentiva a administração pública a buscar melhorias tecnológicas e aprimoramento dos serviços, promovendo a modernização de sistemas e processos. Segundo ela, essa abordagem beneficia a todos.

“A CGE, como órgão central de controle interno, continuará a contribuir para impulsionar a transparência pública do Estado, uma vez que reconhecemos que esses avanços trazem impactos positivos, especialmente para os cidadãos”, afirmou a controladora-geral.

Ao comparar a evolução das Unidades Federativas (UFs) entre 2020 e 2023, um gráfico demonstra que o Estado do Piauí registrou a maior variação positiva entre a primeira e a atual edição do índice, alcançando em 2023 a pontuação final de 60,50.

Fonte: Ascom/Repórter: Ana Virgínia Gráficos e Andressa Carvalho

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905