Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Operação Petróleo Real. Gasolina no Piauí tem de ser boa e barata

Publicado

em

A Operação Petróleo Real, realizada pelo Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (Imepi) em parceria com o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MPPI), interditou seis postos de combustível, entre os dias 19 e 26 de junho. Ao todo, os agentes de fiscalização visitaram 67 postos em 21 cidades do Piauí.

Além da interdição de seis estabelecimentos, outros 18 postos de combustível foram reprovados por diversas irregularidades, como, por exemplo: medida baixa contra o consumidor, mangueira danificada com vazamento, dígitos queimados, vazamento interno na bomba, erro de grafia e simbologia, bomba com mau estado de conservação, medida de volume com escala danificada, ausência das inscrições obrigatórias no instrumento, plano de selagem rompido, iluminação irregular no visor, vazamento na medida de volume, erro máximo não vazão contra o proprietário, proteção do dispositivo indicador com preço em mau estado de conservação, dígitos danificados, vazamentos internos, iluminação irregular e ausência de medida de volume.

De acordo com a diretora-geral do Imepi, Patrícia Leal, em julho os agentes de fiscalização do Instituto devem fiscalizar, em parceria com o Procon, outras regiões do território piauiense.

“Visitaremos, até o fim de julho, os 224 municípios do Piauí. A mensagem que a gente deixa para a população é que verifique se os dígitos do painel estão legíveis, se a bomba não está danificada e caso tenha alguma dúvida sobre o combustível, peça para fazer o teste da medida de volume, para conferir se realmente entrou a quantidade que você pagou ao abastecer”, explica a gestora.

Segundo o chefe de fiscalização do Procon, Arimatéa Leão, ao todo, desde o começo da Operação, deflagrada no mês de maio, 821 postos já foram vistoriados. “Já visitamos 194 cidades. Desses municípios, encontramos irregularidades em 223 postos de combustível. Ou seja, um índice de cerca de 30% de autuação. Nosso trabalho em conjunto vai continuar para garantir que o consumidor não seja lesado”, ressalta.

A fiscalização percorreu os municípios de Altos, Pau D’Arco, Beneditinos, Prata do Piauí, São Miguel da Baixa Grande, São Félix do Piauí, Elesbão Veloso, Francinópolis, Barra D’ Alcântara, Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Curralinhos, Passagem Franca do Piauí, Coivaras, Novo Santo Antônio, Altos Longá, São João da Serra, Aroazes e Nazária.

Em caso de irregularidades, o consumidor deve enviar uma denúncia, por meio da ouvidoria do Impei, pelo número (86) 9456-1921.

Fonte: Ascom / Repórter: Arnaldo Alves

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905