Connect with us
Banner Doação

Entretenimento

Ambulantes e barraqueiros aguardam João Gomes para terem uma renda extra em Timon

Publicado

em

Sem nenhum decreto de emergência vigente, com a folha de pagamento de pessoal em dia, com muitas obras de desenvolvimento e estruturação do município andando regularmente, pensando na economia que será fomentada e em presentear a população timonense (afinal, ninguém é de ferro e nem todos podem pagar ingressos) nestas festas de final de ano, a Prefeitura de Timon, Maranhão, trás o cantor João Gomes, dentro das festividades de aniversário da cidade, para show aberto ao público, no dia 21 de dezembro.

Para as mesmas festividades de aniversário de Timon também está programado um grande show gospel, Jesse Aguiar. Todas as festividades programadas estão inclusas uma série de atividades que ajudam a movimentar a economia. Donos de barracas, ambulantes, mototaxistas, taxistas, seguranças particulares, ou seja centenas de pessoas direta e indiretamente sobrevivem desse tipo de atividade, e aproveitam os eventos para ganhar algum trocado e garantir o sustento de suas famílias.

SERÁ QUE QUEREM VER TIMON ANDANDO PARA TRÁS?

Porém, vereadores que fazem oposição a gestão da prefeita Dinar, correram para o Ministério Público do Estado e conseguiram uma recomendação, na tentativa de não acontecer o show do cantor João Gomes. Eles só querem que João Gomes não suba ao palco. Ou seja, como o show é  aberto e muitos timonenses não têm dinheiro para comprar o ingresso de um evento desse nível, serão os prejudicados.

MAS TÁ TUDO EM DIA, O TCE RECOMENDA O SHOW

Quem agradece são os inúmeros fãs de João Gomes, visto que a Instrução Normativa nº 54/2018 do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCEMA), que estabelece normas e condições legais para que as prefeituras tenham despesas com festividades, principalmente no caso de Timon que não existe nenhum decreto de emergência, que a folha de pessoal está em dia.

A gestão de Dinair sempre acatou as recomendações do Ministério Público, mas agora, observa que o show de João Gomes se encaixa na Instrução Normativa do TCE.

Com base na mesma Instrução Normativa, o Governo do Estado do Maranhão vem realizando festas com atrações nacionais nos dias de jogo da Seleção Brasileira. A Prefeitura de São Luís fez o aniversário da cidade, em setembro, com recursos públicos. Teresina está tendo a Expoapi.

OPOSIÇÃO MENTE SOBRE O VALOR DO SHOW

Os políticos da oposição, sem saber quanto custará o show de João Gomes, decidiram pegar o preço médio de R$ 400 mil e jogaram para a opinião pública. Não levaram em conta que cada show depende do roteiro do artista e da distância em que ele se apresentará.

Pelo gosto dos vereadores que fazem oposição a Dinar Veloso, os timonenses terão que pagar para um dia poder assitir a um show de João Gomes. Nem mesmo o espirito fraterno de final de ano consegue “amolecer” o coração dos vereadores “do quanto pior, melhor!”

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de Timon informa que cumpriu e permanece cumprindo as condições e pré-requisitos legais para a realização de todos os eventos alusivos ao aniversário da cidade, o que inclui o show do cantor João Gomes, previsto para o dia 21 de dezembro de 2022.

 Levando em consideração a Instrução Normativa nº 54/2018 do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCEMA), que estabelece normas e condições legais para que as prefeituras tenham despesas com festividades, o município de Timon está em perfeita concordância com a legalidade, uma vez que a folha de pagamento de pessoal está regular e não há, nesse momento, decreto municipal em vigor que estabeleça o estado de calamidade pública.

 Soma-se a isso o fato de que a contratação do evento se deu por meio de regular procedimento licitatório, em estrita obediência às normas aplicáveis para esse tipo de contratação.

Todas as despesas para as festividades foram planejadas dentro dos limites orçamentários do município. Além disso, o evento é aguardado por diversos munícipes como oportunidade para gerar renda, pois durante as festividades vendem produtos artesanais, comidas regionais e prestam diversas modalidades de serviços. Há ainda a movimentação da economia por meio do turismo local. E mais: trazer à cidade um artista de renome nacional para uma apresentação aberta ao público significa, sobretudo, a democratização do acesso ao lazer e à cultura.

Vale ressaltar que a cobertura vacinal no município contra a COVID19 já atingiu 100% do público de até 12 anos com as duas primeiras doses de vacina contra a doença, o que reflete no baixo índice de pessoas contaminadas. As medidas sanitárias continuam sendo adotadas e têm contribuído para o baixo índice de transmissibilidade. A administração municipal nunca deixou de monitorar os dados de contágio pelo vírus.

Publicidade

MAIS LIDAS

Copyright - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905