Siga, Curta, Compartilhe:

Política

Florentino quer aposentar mais cedo profissionais que trabalharam na Covid

Publicado

em

O deputado federal Florentino Neto (PT-PI, foto acima), apresentou Projeto de Lei Complementar solicitando contagem diferenciada de tempo de serviço para efeito de aposentadoria dos profissionais de saúde que trabalharam efetivamente no enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19). A proposta é para que contagem do período correspondente a 4/2/2020 a 22/5/2022, considerado de “Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional”, seja feita em dobro para todos os servidores públicos civis da área de saúde da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

O parlamentar, que foi secretário de estado da saúde do Piauí à época da pandemia, afirma que esse benefício faz justiça ao trabalho dedicado dos profissionais de saúde que se arriscaram para salvar vidas, tendo que lidar diariamente com inúmeras dificuldades como a falta de equipamentos de proteção individual, medicamentos e até vacinas em meio a maior crise sanitária do século. “ O projeto vai permitir que esses heróis anônimos que trabalharam de forma corajosa nas UTIs e emergências dos hospitais para controlar esse vírus devastador, inclusive de março de 2020 a janeiro de 2021, sem cobertura vacinal, merecem se aposentar mais cedo”, destaca Florentino.

Segundo ele, basta lembrar que o número de mortes entre os profissionais da saúde sempre foi superior a de outras profissões no Brasil. “Não tenho dúvidas de que, se não fossem os valorosos profissionais de saúde espalhados pelo Sistema Único de Saúde, as perdas sofridas seriam ainda maiores e a superação da pandemia do Coronavírus (Covid-19) demoraria ainda mais, potencializando os dramas e as dificuldades enfrentadas em todo o território nacional e por todas as famílias brasileiras”, garantiu o deputado.

Com o projeto de lei, o deputado visa compensar as perdas sofridas pelos profissionais da saúde durante o período de pandemia. “Eu estive à frente dos trabalhos durante a pandemia e pude acompanhar de perto a exaustão dessas pessoas, que não dormiam, que não se alimentavam bem e, muitas vezes, não podiam retornar aos seus lares. Sem falar no emocional desses profissionais que sofreram vendo várias e várias pessoas morrendo todos os dias”, defendeu Florentino Neto.

Além de poder compensar as perdas dos profissionais da área de saúde, o projeto também é uma forma do parlamentar homenagear o trabalho da categoria. “O mérito desta iniciativa parlamentar é inquestionável, pois reconhecerá os relevantes serviços prestados no período da “Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional’ e valorizará os servidores públicos civis da área de saúde espalhados pelo Sistema Único de Saúde”, informou.

Fonte: Ascom

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905