Siga, Curta, Compartilhe:

Política

Vereador de Timon busca alternativas para tentar paralisar a gestão municipal

Publicado

em

“Um homem determinado a atrapalhar o desenvolvimento de Timon”.  O nome dele é Ulisses Waquim, vereador, líder da oposição na Câmara Municipal, filho da ex-prefeita Socorro Waquim. Derrotado na votação “ainda da LOA (Lei Orçamentária Anual)”, o vereador continua inconformado e na quinta-feira passada, dia 26/05, bateu a porta do TCE (Tribunal de Contas do Estado do Maranhão), tentando fazer com que o TCE interfira na decisão da Casa do Povo.

O parlamentar timonense estaria insatisfeito com a dinâmica de resultados e avanços da atual gestão liderada pela prefeita Dinair Veloso. Ulisses Waquim é apontado como sendo responsável por uma oposição desconstrutiva e inconsequente na Câmara Municipal, tentando impedir realizações na cidade. O vereador formalizou uma reclamação no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, alegndo supostas  (TCE-MA), para formalizar supostas irregularidades na votação da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Tal postura do parlamentar não condiz com a atuação de um representante preocupado em solucionar os problemas da cidade. A Prefeitura Municipal de Timon tem dado andamento a uma série de investimentos nas áreas da infraestrutura, saneamento, pavimentação e limpeza urbana. O conjunto de ações como operações tapa-buraco, recapeamento de vias, asfaltamento, calçamento e limpeza de áreas e equipamentos públicos só passaram a ser possíveis após a aprovação e sanção da Lei Orçamentária que está em execução no município e não apresenta vícios que justifiquem sua revogação.

Lembramos que até a aprovação da LOA 2022 diversos embates foram travados na Câmara Municipal, envolvendo inclusive o Poder Judiciário. A bancada de oposição tentou de forma insistente barrar a implementação de políticas essenciais para a população garantidas a partir da Lei Orçamentária, que deveria ter sido aprovada até o final do ano passado, mas teve sua tramitação arrastada até o mês de março deste ano.

O vereador Ulisses Waquim assume um papel reprovável ao tentar barrar as ações do Poder Executivo. “Na prática as medidas tomadas pela administração municipal visam o bem comum, logo quem se posiciona contra esse objetivo se faz adversário do povo timonense”, observa o também vereador Jair Mayner.

”Respeitamos a atribuição constitucional de todos os órgãos de controle, mas repudiamos qualquer tentativa, mesmo que isolada, de criação de entraves ao poder público municipal”, fala o líder da bancada governista, Ivan do Saborear.

Ao vereadores PA e Celso Tacoane também falaram em plenário repudiando a tentativa de travar a gestão da prefeita Dinair. “Sem a Lei Orçamentária em vigor, a prefeitura não terá previsão de gastos na melhoria da vida do timonenses. O s reajustes salariais não poderão ser dados; o município não terá como aplicar recursos em quase todas as áreas”, fala Ivan do Saborear, finalizando ao dizer que “aquele que é contra a LOA, também é  ontra o povo de Timon”.

PALAVRA DE ULISSES

Na tribuna, na sessão desta segunda-feira (30/05), o filho da ex-prefeita Socorro Waquim, disse que está fazendo apenas o papel dele.

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905