Connect with us
Banner Doação

Política

Uilma Resende sofre derrota e desrespeita o Plenário da Câmara

Publicado

em

Não é de hoje que o presidente da Câmara de Vereadores de Timon, Maranhão, Uilma Resende (PDT), tem agido como se fosse o dono do poder legislativo em Timon.

Político habilidoso, experiente e profundo conhecedor do regimento interno, após trair o grupo que o elegeu, se uniu à oposição e juntos têm feito de tudo para prejudicar o governo da prefeita Dinair Veloso (PSB).

Os últimos acontecimentos, porém, têm revelado uma versão até então desconhecida do vereador Uilma: o autoritarismo.

Desde que perdeu a maioria na Câmara ele tem agido por impulso e muitas vezes contra o que diz a própria lei. Recentemente, após ser derrotado na tentativa de derrubar um veto da prefeita Dinair, Uilma assinou um decreto legislativo ilegal, uma vez que não o submeteu à apreciação do plenário daquela casa. Em sua cabeça apenas sua vontade basta, pouco importando o que pensam os demais 20 vereadores.

Na manhã desta quarta-feira (20) o surto autoritário mais uma vez se repetiu.

O vereador mais uma vez queria derrubar um veto da prefeita e, como determina o regimento, submeteu um parecer da Comissão de Constituição e Justiça favorável ao veto e feito por seus aliados.

A maioria absoluta dos vereadores, porém, percebendo a fragilidade jurídica do parecer, votaram contra e impuseram uma dura derrota ao presidente Uilma Resende. Inconformado com o fracasso de sua manobra por não ter seu parecer aprovado, ele simplesmente retirou o direito dos demais 20 vereadores em apreciar o veto e encerrou a sessão sem qualquer justificativa.

É importante registrar que por trás de toda essa confusão, o que move o vereador Uilma não é apenas a vontade de prejudicar o governo municipal. O que realmente pretende o presidente é derrubar a proposta orçamentária elaborada pelo executivo que prevê um repasse financeiro à Câmara de Vereadores menor do que deseja Uilma.

Atualmente a prefeitura repassa mensalmente mais de R$ 750.000,00 (setecentos e cinquenta mil reais) por mês para a Câmara. Ambicioso, Uilma quer que esse montante chegue a quase UM MILHÃO DE REAIS por mês.

Sabendo que as únicas despesas que a Câmara de Vereadores possui são salários, energia, água, papel e cafezinho, pergunta-se: COMO O VEREADOR UILMA PRETENDE GASTAR TANTO DINHEIRO???

Publicidade

MAIS LIDAS

Copyright - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905