Siga, Curta, Compartilhe:

Polícia

Polícia Militar inaugura base da Patrulha Maria da Penha em Floriano, marcando a interiorização do serviço

Publicado

em

Na última quarta-feira (9), a Polícia Militar, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), realizou a solene inauguração de uma nova Base da Patrulha Maria da Penha na cidade de Floriano, localizada na região Sul do Piauí. O evento ocorreu em conjunção com a cerimônia de passagem de comando do 3° Batalhão e incluiu a entrega de uma Viatura Lilás, marcando um significativo passo na interiorização desse importante serviço.

No mês anterior, uma Base da Patrulha Maria da Penha já havia sido estabelecida em Piripiri. A major Elisamar, comandante da Patrulha, ressaltou a relevância dessa descentralização do policiamento especializado, destacando sua função primordial em reprimir a violência doméstica e reforçar a fiscalização das medidas protetivas.

“A Patrulha Maria da Penha tem intensificado as ações de prevenção e enfrentamento à violência doméstica. Essas ações visam reforçar o policiamento em todo o estado, da mesma forma ampliar os serviços de proteção à mulher em situação de risco com policiais habilitados para atuar de forma humanizada e acolhedora a essas mulheres vítimas de violência”, afirmou a comandante da Patrulha.

Este serviço envolve visitas periódicas às residências de mulheres em situação de violência doméstica e familiar, com o intuito de verificar a adesão às medidas protetivas e reprimir possíveis atos de violência. A utilização de uma identificação visual diferenciada, simbolizando a luta contra a violência direcionada às mulheres, proporciona um atendimento empático e seguro para as vítimas.

A entrega da Viatura Lilás e a inauguração da nova base em Floriano estão inseridas no contexto do Agosto Lilás, uma campanha de conscientização voltada para a luta contra a violência à mulher. “Esse trabalho é de suma importância para que os policiais possam acolher, orientar e informar essa mulher para que ela não se cale diante da violência doméstica, que são de diversas formas. Por isso, é importante que essa mulher faça a denúncia e não se cale diante de qualquer ato de violência”, reforçou a coronel Elza Rodrigues, do Comando de Policiamento Comunitário (CPCOM).

Fonte: Ascom/Repórter: Victor Melo

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905