Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

ANB-PI divulga Nota de Repúdio contra censura

Publicado

em

NOTA DE REPÚDIO

Caríssimos advogados e advogadas do lei maior, e, em especial toda à sociedade brasileira, a ANB/Regional Piauí, seguindo harmonicamente ás diretrizes da ANB NACIONAL, vem ao público em geral, através de seus filiados e do Presidente Dr. Hermenegildo Alberto, advogado, REPUDIAR sem reserva alguma esse momento em que vive à população brasileira no que tange as medidas nefastas, e acima de tudo, imorais e inconstitucionais. Medidas estas proferidas por um colegiado que tem o dever de respeitar e cumprir os ditames constitucionais esposados na Constituição Federal de 1988.

No entanto, nos últimos dois anos registraram muitos acontecimentos estranhos, que saíram notadamente da órbita natural da convivência social. Não obstante, houve ações impetradas por ministros do STF, que destoa dos preceitos constitucionais vigente.

Todavia, neste início de semana nos deparamos diante de uma ou mais CENSURAS PRÉVIAS, em face dos meios de comunicações, seja ela, televisas ou das redes sociais, uma delas, a JOVEM PAN, que é conhecida por toda sociedade brasileira, e, que tem um excelente quadro de profissionais altamente qualificado e compromissado com as informações verídicas.

Seu editorial deixam livres os profissionais, seja eles jornalistas, radialistas, repórteres e apresentadores, e, isto é notório nos seus programas diários, nos Pingos dos is; Três em um; Prós e contra; no Jornal da Manhã e no Jornal jovem Pan. etc.

Pois bem, esta emissora JOVEM PAN e outros meios de comunicações foram censuradas por uma das corte administrativa de estudos (TSE), Tribunal Superior Eleitoral, que através de seus ministros decidiram por conta própria aplicarem sanções à estes atores, sem ao menos respeitarem os princípios do contraditório e o da ampla defesa. Tira-se com tais atos, a conclusão, de que estamos vivendo uma inquisição, juntamente com um estado dejuízo de exceção. E, isto não é tolerável por nenhuma sociedade democrática.

Ademais, não podemos nos calarmos diante de opressores, que visam à dominação total de uma sociedade. Muitos falam que no passado vivenciamos uma ditadura, no entanto, o que vivenciamos mesmo na aquela época foi um Regime Militar muito forte, pois, foi necessário que assim fosse.

Destarte, que aquele regime ficou no passado, e, não há mais espaços para práticas de censuras em nosso país.

Todavia, estamos enfrentando uma onda de atos antidemocráticos e que contradiz a nossa maior carta constitucional pátrio.

Fiquemos vigilante com estas ações infectas, editadas e prolatadas por estas cortes superiores de estudos, e com os pedidos exacerbados por partes de partidos socialistas e comunistas, que estão instaladas no nosso Brasil.

Para terminar esta nota de repúdio, não poderíamos deixarmos de criticarmosàs autoridades de um modo geral, mas, com raríssimas exceções.

Estes atores são: Os juízes, promotores, advogados público e privados, jornalistas, médicos, engenheiros, psicólogos, professores, deputados federais e estaduais, vereadores, prefeitos e governadores, senadores, empregados, trabalhadores, padres, pastores, cantores, atores, etc. Todos nós estamos dentro de um mesmo navio, que se este for naufragado, nos naufragaremos todos juntos.

Teresina, 21 de outubro de 2022

___________________________________

Dr. Hermenegildo R. Alberto

Advogado – ANB/PI

PRESIDENTE

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905