Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Restauração das PIs 255 e 257 avança para aprimorar conexões no território Chapada das Mangabeiras

Publicado

em

), percorrendo Curimatá e Parnaguá, e concluindo em Corrente (PI-255), totalizando 206 quilômetros de extensão. Neste momento, a execução dos serviços ocorre simultaneamente nos trechos entre Redenção e Curimatá (84 km), com foco na restauração e aplicação de nova capa asfáltica. Entre Curimatá e Parnaguá (48 km), as intervenções de restauração e tapa-buracos estão em andamento. Na rota entre Parnaguá e Corrente (72 km), as equipes trabalham na operação tapa-buracos e restauração, continuando a aplicação do microrrevestimento.

O cronograma de serviços, previsto para 120 dias, já alcançou 41% das etapas, contemplando restaurações de segmentos, recapeamento asfáltico, roçada e limpeza.

Leonardo Sobral, diretor-geral do DER-PI, ressalta a importância dessas obras para a população da região sul do estado, especialmente nos municípios de Redenção do Gurguéia, Curimatá, Parnaguá e Corrente, que há algum tempo solicitam a recuperação desses trechos. “Essas cidades são destaque na produção de ovos, leite, milho e soja no Piauí. Vale ressaltar, ainda, que Corrente é polo universitário, com campus do IFPI e da Uespi. Há um grande fluxo de estudantes nessa área, que certamente poderão se deslocar com maior facilidade”, destaca Sobral.

Ele enfatiza que, com a melhoria da trafegabilidade, todos os setores acabam sendo beneficiados. “Em termos de turismo, as obras possibilitarão melhor acesso ao Polo das Nascentes, do qual Corrente faz parte. A cidade foi incluída no Mapa do Turismo do Brasil. Destaco, dentre os principais pontos para visitação, o Morro do Papagaio, uma das principais paisagens correntinhas. Parnaguá também possui seus encantos, dentre os quais a Lagoa de Parnaguá, considerada o maior lago natural do Brasil”, conclui o gestor.

Fonte: Ascom/Repórter: Vera Brandão

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905