Siga, Curta, Compartilhe:

Geral

Seduc inova ao adotar o Pix para o pagamento de bolsas a estudantes na região Nordeste

Publicado

em

Na vanguarda da inovação administrativa, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) assume a liderança como a primeira instituição pública a adotar o Pix na região Nordeste para a remuneração de bolsas destinadas aos estudantes participantes do Programa de Estágio Obrigatório Remunerado, inserido no abrangente projeto “Oportunidade Jovem”.

Essa iniciativa, ancorada na visão do governador Rafael Fonteles e do secretário Washington Bandeira, de simplificar e desburocratizar a gestão pública, substitui um sistema anterior que requeria inscrições e contas específicas para cada pagamento de bolsa. Anteriormente, a ordem de pagamento era enviada ao banco com detalhes completos do estudante, o que levava até dois dias para o crédito ser efetuado na conta. Em alguns casos, mesmo com os fundos disponíveis, os estudantes ficavam impedidos de utilizar os recursos devido à ausência do cartão. Agora, com a adoção do Pix, a diretora da Unidade Financeira da Seduc, Natali Oliveira, destaca que “repassamos ao banco apenas o nome do aluno, CPF, chave Pix e, com um clique, o pagamento já está na conta”.

A fase inicial da implementação contemplou 1.029 estudantes de ensino técnico provenientes de 22 municípios piauienses. As bolsas, no valor de R$ 350, totalizaram um investimento de R$ 360.150. O secretário de Educação, Washington Bandeira, ressalta que essa inovação não apenas acelera o processo de pagamento, mas também contribui para manter os alunos engajados e motivados em sua jornada educacional. Ele afirma: “Usando o Pix, conseguimos pagar as bolsas de estágio com mais agilidade e garantimos que os estudantes fiquem cada vez mais engajados e motivados a seguir estudando, impactando diretamente no desempenho desse aluno e evitando evasão escolar”.

Em um plano mais amplo, Washington Bandeira compartilha que a Seduc planeja estender a adoção do Pix para outras iniciativas. Ele destaca: “Vamos realizar o pagamento das bolsas do Programa de Monitoria Estudantil e também outros, reduzindo o tempo e custos dessas operações”.

A Seduc, ao trilhar este novo caminho de pagamentos, não apenas estabelece um marco significativo no cenário educacional nordestino, mas também pavimenta uma estrada para processos mais ágeis, eficientes e centrados no estudante, em consonância com os objetivos do governo estadual de simplificação administrativa e estímulo à educação contínua.

Fonte: Ascom/Repórter: Willame Lucas e Tallita Tajra

MAIS LIDAS

Copyright © - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905