Connect with us
Banner Doação

Geral

Escolas intensificam busca ativa de alunos com início do ano letivo

Publicado

em

Governos municipais e estaduais têm empreendido esforços para planejar e efetivar a continuidade das aulas durante a pandemia da Covid-19 de diversas formas, seja utilizando as tecnologias da informação, seja imprimindo material para entregar a estudantes, entre outras estratégias. No Piauí, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) buscou parcerias e implantou o sistema de busca ativa, que visa garantir o direito à educação de cada cidadão em situação de calamidade pública e emergência, chegando de forma direta ao aluno e sabendo qual sua dificuldade.

Um exemplo de busca ativa foi na cidade de Lagoinha Piauí. A equipe da Escola Moisaniel Alves, que oferta educação de jovens e adultos (EJA) e ensino médio, uniu forças em um momento de grande valia para a escola, uma ação classificada pela diretora Jane Sobral como muito proveitosa.

“A busca ativa teve como objetivo resgatar os alunos, principalmente da EJA, que diante das dificuldades em 2020 causadas pela pandemia, se afastaram da escola. A maioria desses estudantes é casada, tem filhos, trabalha e mora em localidades distantes, de difícil acesso, e não tem com quem deixar os filhos, o que dificulta a matrícula física. Esse ano intensificamos essa busca focando nos alunos que desapareceram durante a pandemia com apoio de professores e gerência regional. Foi um êxito, encontramos muitos interessados em retornar”, completa a diretora da escola.

Além de manter os vínculos afetivos e o contato próximo com os alunos, desafio encarado pelos educadores, o plano estratégico de ações tem a missão de localizar os estudantes que não aderiram ao ensino remoto, identificar as dificuldades no acesso às plataformas disponibilizadas pelas escolas e sanar os problemas por meio digital ou com a entrega de atividades impressas produzidas pelos professores nas aulas.

Uma das estratégias de busca ativa, que mobiliza não apenas educadores, é manter o contato com as famílias. As unidades escolares utilizam os meios digitais com o envio de mensagens por canais de diálogo como WhatsApp, ligação, visitas e até mesmo o contato realizado pelos próprios alunos, como explica a diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc, Maria José Mendes Neta.

“A Seduc elaborou um plano estratégico para resgatar os estudantes para as atividades pedagógicas das escolas. As orientações foram enviadas aos gestores regionais, diretores, coordenadores e professores, que têm feito um trabalho incessante na busca dos alunos para que não encerrem o vínculo e ampliem o engajamento aos estudos diante do contexto de pandemia”, relata a diretora.

Clique e Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

MAIS LIDAS

Copyright - Desde 2008. Portal Walcy Vieira. WhatsApp (86) 99865-3905